LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO

 
 

Apresentação

A instalação elétrica representa um papel determinante na segurança de residências e empresas. Serviços executados de forma negligente ou a utilização de materiais de má qualidade podem causar sérios acidentes. Atualmente existe uma grande quantidade de produtos voltados para esta área, são aproximadamente 10.000 itens, que variam de reles e disjuntores a chuveiros e caixas de entrada de força, fabricados por cerca de 30 empresas. Atuar nesse segmento exige muita responsabilidade por parte do empreendedor.

Mercado

O mercado de materiais elétricos caracteriza-se, principalmente, pela grande quantidade de produtos existentes. São aproximadamente 10.000 itens, que variam de reles e disjuntores a chuveiros e caixas de entrada de força. É imprescindível conhecer profundamente o ramo. A principal tendência para os pequenos empreendedores é a atuação combinada de revenda de materiais e prestação de serviços, tornando o acesso praticamente exclusivo aos especialistas.

Processo de trabalho:

Consiste basicamente na revenda de materiais para os segmentos residencial ou industrial e na prestação de serviços. O empreendedor poderá atuar nos dois segmentos ou especializar-se em apenas um deles.

Há no mercado sistemas de automação comercial que controlam praticamente todas as operações, que são perfeitamente acessíveis ao pequeno empreendedor.

Espaço físico:

A instalação da loja inclui ponto de venda, escritório, banheiro e oficina, onde serão desenvolvidos os projetos e efetuados alguns consertos.
É importante que o mesmo se localize em regiões de fácil acesso e boas condições de estacionamento.

A área de vendas contará com um balcão e prateleiras, que poderão abrigar o estoque dos materiais que são, em sua maioria, peças pequenas.

Equipamentos:

Os equipamentos básicos para instalação de uma Loja de Material Elétrico estão demonstrados a seguir:
- Escrivaninhas, cadeiras, armários;
- Micro computadores, impressoras, linhas telefônicas, aparelhos de fax, máquinas de escrever e calcular;
- Prateleiras, balcões, bancadas, caixa registradora;
- Equipamentos e ferramentas para a prestação de serviços de manutenção.

Mercadorias:

A aquisição das mercadorias deve ser planejada e irá variar de acordo com as características do estabelecimento, especialmente hábitos de consumo da clientela.
Há cerca de 10.000 itens que podem ser comercializados por uma loja de materiais elétricos. Os mais vendidos são:
- Linha residencial:
tomadas, interruptores, fios, lâmpadas, chuveiros, caixa de entrada de força, disjuntores, hastes de aterramento e eletrodutos.
- Linha industrial:
contatores, reles de proteção, chaves e cabines de alimentação de força.

A importância de um planejamento (pesquisa de mercado), com relação a aquisição de mercadorias, se justifica devido a cartelização que existe no mercado de fornecedores de material elétrico no Brasil, dominado por cerca de 30 empresas de grande porte, sendo que a grande maioria desses fornecedores são multinacionais.

Algumas vezes, os grandes revendedores têm preços mais atraentes que os próprios fabricantes, o que é justificado pelas suas compras em grandes quantidades, que lhes garante descontos vantajosos.

Há ainda, a opção dos materiais importados que apresentam, dependendo da origem, qualidade superior a preços menores que os produtos nacionais. Se o empreendedor optar por tais materiais, deverá tomar alguns cuidados, como verificar se o produto atende às normas técnicas e de segurança brasileira.

Mão-de-obra:

O empreendedor será o responsável pela administração geral, pela compra dos materiais e desenvolvimento dos projetos, sendo necessária a contração de técnicos (qualificados, com formação específica, serão os responsáveis pela prestação dos serviços), ajudantes (cuidarão do atendimento aos consumidores no balcão), e de profissionais para trabalhar no escritório. O número de funcionários irá variar de acordo com a estrutura do empreendimento.

Despesas mensais:

As despesas gerais de administração irão variar de acordo com a estrutura adotada pelo empreendedor. Por exemplo, o valor do aluguel do imóvel será diferente em cada região e proporcional às dimensões e tipo de imóvel (casa, loja, sala, galpão, terreno).

As despesas básicas são praticamente padronizadas, tais como: energia elétrica, água, telefone, honorários do contador, retirada do proprietário. Já outras são específicas de uma Loja de Material Elétrico, como a manutenção dos equipamentos, por exemplo.

Investimento Inicial

Conforme a estrutura do empreendimento, o valor estimado, para o empreendedor iniciar esse tipo de negócio, pode ficar em torno de: R$ 29.000,00.

-Capital de giro: R$ 4.000,00
-Investimento em equipamentos e instalações: R$ 25.000,00
-Faturamento bruto mensal previsto: R$ 6.000,00

Obs.: Os valores apresentados são indicativos e servem de base para o empresário decidir se vale a pena ou não aprofundar a análise do investimento.

Lembretes:

É importante que o futuro empreendedor tenha em mente alguns fatos que devem ser levados em consideração durante o processo de abertura do empreendimento, são eles:
- É importante manter-se permanentemente atualizado com relação aos últimos lançamentos e desenvolvimento tecnológico, principalmente se a ênfase for em serviços. Os maiores avanços no setor elétrico estão concentrados em produtos acabados, e não em componentes, que não sofreram mudanças significativas nos últimos anos;
- Além do conhecimento técnico, é recomendável que o empreendedor administre o negócio de forma responsável e exerça um rigoroso controle de custos;
- Vale lembrar que a pesquisa de preços junto aos fornecedores é fundamental;
- Lembramos que, anteriormente à contratação de seus funcionários, o empreendedor deverá estar a par das determinações da legislação trabalhista para os cargos em questão.

Eventos

O empreendedor deve estar sempre em contato com as entidades e associações para obter informações sobre os eventos que ocorrerão dentro da sua área (tipo, data, local de realização). Os eventos como feiras, roda de negócios, congressos, etc., são muito importantes para o empresário ficar por dentro das tendências de mercado, conhecer novos produtos e tecnologias, realizar parcerias e fazer bons negócios.
Onde pesquisar: União Brasileira de Feiras e Eventos - UBRAFE:
http://www.ubrafe.com.br

Legislação

Os passos para registro de uma empresa comercial

Veja também

Os riscos da informalidade
Qualidades do Empresário de Sucesso

Plano de Negócio

Sugerimos sua participação no Negócio Certo Sebrae

O Negócio Certo é um programa de Auto-Atendimento oferecido pelo SEBRAE gratuitamente, por meio digital ou material impresso, especialmente destinado as pessoas que buscam orientações práticas sobre planejamento, abertura e gestão de novos negócios.

Além da internet o Programa Negócio Certo Sebrae, disponibilizará as informações em:

- estações de auto-atendimento nos Pontos de Atendimento ao Cliente do Sebrae em Santa Catarina;
- em CD Rom,
- em material impresso que podem ser solicitados através do 0800-6430401