FÁBRICA DE TEMPEROS

 
 

1. Ficha Técnica da Atividade
Ramo de atividade: Indústria.
Tipo de Negócio: Preparação de especiarias, molhos, temperos e condimentos
Produtos Ofertados: Creme de alho, molhos e temperos diversos.

2. Apresentação
Fabricar temperos é a arte da simplicidade. Uma atividade que não requer tanto do empreendedor e pode dar resultados formidáveis. Conhecidos como especiarias, eram usadas para disfarçar o sabor dos alimentos quando ainda não existiam métodos de conservação. Hoje são utilizadas para preparar pratos deliciosos de deixar água na boca

3. Mercado
O mercado é de difícil entrada, já que este é dominado por grandes empresas, o mercado consumidor para temperos é basicamente formado de supermercados, mercearias, quitandas, restaurantes e firmas distribuidoras de produtos alimentícios.

Conhecer e caracterizar quem são seus futuros clientes, o que e porquê compram, como e quando fazem suas compras e quais são suas tendências de consumo são avaliações essenciais para o sucesso de seu negócio.

4. Localização
O empreendimento, preferivelmente, deve estar em local amplo, de fácil acesso, e próximo dos fornecedores.
Lembre que as atividades econômicas da maioria das cidades é regulamentada em conformidade com a lesgislação municipal. Isto determina o tipo de atividade que pode funcionar no imóvel escolhido por você.

Certifique-se de que o local escolhido oferece a infra-estrutura adequada à sua instalação e propicie seu crescimento.

5. Estrutura
A estrutura básica deve contar com um galpão de 160 m2, que deve ser dividido em quatro ambientes. Um maior para recepção e estocagem da matéria-prima, outro para a produção, um terceiro para o escritório e serviços e o último para o estoque dos produtos acabados e expedição.

6. Equipamentos
Para escolher os equipamentos, instalações e materiais diversos, que fazem parte do quadro de investimentos fixos da empresa é necessário definir com clareza as suas especificações técnicas, modelos, marcas, capacidade nominal de realização de operações, entre outros itens.

Os equipamentos básicos para uma fábrica de temperos são:
- Mesa para preparo da matéria-prima;
- Balança;
- Triturador / homegeneizador;
- Mesa para envase;
- Máquina de selar copos;

7. Investimento
Varia de acordo com a estrutura do empreendimento.

8. Pessoal
Irá variar de acordo com a estrutura do empreendimento, sendo que, deve-se contar com um chefe de produção e operários.

9. Público Alvo
O Mercado Consumidor de temperos é bem heterogêneo, amplo e diversificado. Os produtos podem ser direcionados para consumidores de ambos os sexos, de várias faixas etárias, das mais diversas classes sociais.

Sem dúvida alguma a diferenciação é conseguida através da qualidade e variedade dos produtos oferecidos e do atendimento aos clientes. Recomendamos estudar seus hábitos, comportamentos, gostos, tendências e manter-se atualizado quanto as novidades do mercado.

10. Legislação

PASSOS PARA A ABERTURA DE SUA EMPRESA

O primeiro passo para abrir sua empresa, é a definição da forma jurídica da mesma. Segundo a legislação comercial do país, existem três formas jurídicas, todas passíveis de enquadramento como microempresa: empresário, sociedade simples e sociedade empresária.

Considera-se Empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica como pessoa física, organizada para a produção ou a circulação de bens ou de serviços e que tem a responsabilidade ilimitada sobre os compromissos assumidos pela empresa.

A Sociedade Simples é formada por uma ou mais pessoas que exercem profissão intelectual (gênero), de natureza científica, literária ou artística (espécies), mesmo se contar com auxiliares ou colaboradores, salvo se o exercício da profissão constituir elemento da empresa.

A Sociedade Empresária pressupõe a comunhão de esforços de duas ou mais pessoas. Visam lucro, mediante o exercício de atividade comercial e/ou industrial, ou seja, desenvolvem atividade econômica organizada para a produção ou circulação de bens ou de serviços que constituem elemento da empresa

Quando se está criando uma sociedade, é necessário elaborar o Contrato Social, no qual ficam estabelecidos as condições de criação, funcionamento e liquidação da sociedade.
Para registrar sua empresa, sendo uma atividade comercial, o(a) Senhor(a) deve dirigir-se à Junta Comercial, para efetuar a inscrição comercial; à Receita Federal para a inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas; à Previdência Social, para cadastrar-se e recolher mensalmente uma contribuição, que deverá ser utilizada pelos funcionários quando assim for permitido; à Secretaria da Fazenda, para a inscrição estadual, necessária para o recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias.

Antes de efetuar o registro, verifique a possibilidade de enquadrá-la como micro ou pequena empresa, cujos critérios são definidos por lei federal, estadual e municipal. O que determina o porte de uma empresa é o seu faturamento anual. Caso ela se enquadre, você desfrutará de uma série de incentivos, facilidades e simplificações legais e tributárias. Não esqueça que esta classificação não é automática, você deverá efetuar o pedido de enquadramento no órgão de registro para poder gozar de tais benefícios. A solicitação se dá no momento do registro da empresa em documentos próprios da receita federal e receita estadual.

Verifique também a possibilidade de enquadramento na Lei do Simples (Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das ME e EPP), que engloba em um único documento de arrecadação diversos tributos e contribuições (segue anexo roteiro - Simples Federal).

Uma vez registrada sua empresa, o(a) Senhor(a) deve dirigir-se à Prefeitura Municipal de seu município e requerer o Alvará de Localização e Funcionamento. Porém, para evitar problemas futuros, verifique junto à Prefeitura, antes de Registrar sua empresa, se a exploração de tal negócio é autorizada para o local escolhido.





11. Bibliografia
FABRICAÇÃO DE TEMPEROS SECOS (EM SAQUINHOS). In: Idéias de negócios. SEBRAE Espírito Santo. Disponível em: . Acesso em: 22 jun. 2004.
TEMPEROS e condimentos. Espírito Santo: SEBRAE/ES, 1993. 30p. (Série Oportunidades de Negócios).