ARTESANATOS EM BISCUIT

 
 

Apresentação

Você já ouviu falar em biscuit? A palavra conhecida no mundo do artesanato, refere-se a uma massa feita a partir de cola, amido, vinagre e vaselina, que permite criar peças com muitos detalhes e acabamento fino. A pequenas esculturas podem ser adaptadas a vidros vazios, tampas de embalagens recicladas, Produção de ímãs de geladeira, tampas para potes, enfeites de cozinha, arranjos de flores a partir de biscuit.e outras peças de decoração. Quanto mais criatividade, maiores as chances de sucesso e lucro.

De acordo com a artesã Anna Modugno, que desde os anos 80 mexe com a massa e até patenteou uma máquina para facilitar o trabalho, uma boa dica para quem quer entrar na área é oferecer flores, artigos de decoração para quartos de bebê e lembrancinhas feitas de biscuit. "Para surpresa de muita gente, essa linha de produtos tem demanda maior que a oferta", declara a artesã. É possível, ainda, se especializar em ímãs de geladeira, que permitem a produção de um leque enorme de peças. Outra opção são os quadros decorativos, que podem ser feitos de diferentes materiais com detalhes em biscuit.

Além de ser uma atividade que não exige altos investimentos, não é preciso muito espaço para começas um novo negócio. Basta dispor de uma pequena sala. O importante é que o ambiente seja arejado, bem iluminado e que acomode uma mesa para manipular a amassa, preparar as tintas e apoiar as espátulas e os moldes, além de uma prateleira para guardar as peças prontas.

Um iniciante consegue produzir 20 peças por dia, de acordo com empreendedores do ramo. Aumentar a quantidade aos poucos é um cuidado fundamental para não comprometer a qualidade e para evitar despesas adicionais. "O segredo está em controlar o estoque de material de acordo com a demanda, evitando gastos desnecessários", afirma Anna. Para precaver-se contra prejuízos ou preços abusivos, ela aconselha o levantamento cuidadoso dos custos da produção. Comprar 30% em relação aos preços praticados no varejo, segundo a artesã.

Mas não basta ter preços competitivos custos baixos. Saber vender é fundamental. Se você não se considera um bom vendedor, deve procurar alguém que faça esta parte. O artesão pode vender diretamente as peças ao consumidor final ou para lojas que trabalham com artesanato e produtos do gênero. Só não se esqueça de colocar em cada peça uma etiqueta com seu nome e telefone para facilitar contatos de clientes potenciais. Participar de feiras de artesanato e anunciar em jornais de bairro também são estratégias que costumam ajudar bastante os novos negócios.

Investimento Inicial

Conforme a estrutura do empreendimento, o valor estimado, para o empreendedor iniciar esse tipo de negócio, pode ficar em torno: R$ 8.000,00

Capital de Giro: R$ 7.000,00
Investimento em equipamentos e instalações: R$ 1.000,00
Faturamento bruto mensal previsto: R$ 6.000,00

Legislação

Os passos para registro de artesão

Veja também

Os riscos da informalidade
Qualidades do Empresário de Sucesso


Plano de Negócio

Sugerimos sua participação no Negócio Certo Sebrae

O Negócio Certo é um programa de Auto-Atendimento oferecido pelo SEBRAE gratuitamente, por meio digital ou material impresso, especialmente destinado as pessoas que buscam orientações práticas sobre planejamento, abertura e gestão de novos negócios.

Além da internet o Programa Negócio Certo Sebrae, disponibilizará as informações em:

- estações de auto-atendimento nos Pontos de Atendimento ao Cliente do Sebrae em Santa Catarina;
- em CD Rom,
- em material impresso que podem ser solicitados através do 0800-6430401

Eventos

O empreendedor deve estar sempre em contato com as entidades e associações para obter informações sobre os eventos que ocorrerão dentro da sua área (tipo, data, local de realização). Os eventos como feiras, roda de negócios, congressos, etc., são muito importantes para o empresário ficar por dentro das tendências de mercado, conhecer novos produtos e tecnologias, realizar parcerias e fazer bons negócios.

Onde pesquisar: União Brasileira de Feiras e Eventos: UBRAFE

Sites Interessantes

Pesquise o assunto também no site do Serviço Brasileiro de Resposta Técnica que é uma rede de informações via internet que fornece informações a empreendedores, micro, pequenas e médias empresas, de qualquer ponto do país. Para utilizar gratuitamente os serviços do SBRT, é necessário apenas cadastrar-se no portal.