SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 17/08/2005
Autor: Diário do Comércio & Indústria
Fonte: DCI

Empresa investe em marketing e produto

Os investimentos em marketing, novos produtos e novas tecnologias encabeçaram o ranking que lista onde as empresas investiram seu dinheiro no mês de julho.

Segundo a Pesquisa DCI, que ouviu 387 empresários e administradores de empresas no mês passado, cada um dos itens foi prioridade para 13% das empresas em julho.

A evolução dos números mostra que do começo do ano para cá as empresas migraram seu foco de investimento. Antes, a maioria planeja ampliar ou reformar instalações, abrir novas fábricas etc. Agora, o item ¿abrir novas fábricas¿ só é citado por 8% dos entrevistados, ocupando a quarta colocação do ranking.

Os que gastam com ampliação e expansão, que em janeiro deste ano eram a segunda maior parcela dos entrevistados, agora aparecem em nono lugar.

O investimento em novos produtos, por sua vez, foi o item que mais agregou entrevistados: em janeiro, apenas 7% dos empresários e administradores gastavam com isso, ante 13% no mês passado.

As novas tecnologias também mostraram um crescimento constante, chegando a encabeçar a lista em julho.

No setor de agronegócios, a maioria dos investimentos esteve concentrada em novos produtos (21%). Estamos em pleno início de safra e toda a cadeia do setor se prepara para conseguir ganhar mercado. É natural que este item lidere a lista com folga ¿ 7 pontos percentuais a mais que o segundo colocado.

Nesse setor, também os gastos em marketing e ampliação são altos, já que este é o momento de investir para `colher¿ no futuro.

No comércio as ampliações são o foco da maioria. Este setor tem apresentado um crescimento consistente durante todo o ano. Ontem, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou estatísticas que mostraram que as empresas desse setor tiveram um crescimento de 5,31% em junho, o que certamente teve influência positiva nos investimentos em julho.

E, para os comerciantes, ampliar suas lojas é o caminho para crescer.
Os industriais são os grandes responsáveis pelo fenômeno de migração dos investimentos de ampliações para novos produtos. Mais de um quinto deles usou suas verbas para ampliar o portfólio. Em segundo lugar vêm os que investiram em marketing: 15% do total.

No setor de serviços e de finanças, os investimentos em novas tecnologias são a analogia para os investimentos em produtos para as empresas industriais. E os gastos em novas tecnologias foram os que mais aumentaram em julho para as empresas deste setor.
Exatamente um quinto das empresas que prestam serviços disse que o foco de seus investimentos foi em tecnologia.

Assim como na indústria, o marketing vem em segundo lugar nos setores de serviços e finanças com 12% respondentes escolhendo este item.

Os dados da Pesquisa DCI de julho também foram tabulados levando-se em conta o tamanho das empresas.

A partir dos dados foi possível perceber que a escolha por novos produtos, novas tecnologias e marketing como prioridades foi uniforme em todos os tamanhos de empresas, das grandes às micro.


Destaques da Loja Virtual
O QUE O CLIENTE QUER QUE VOCÊ SAIBA

O livro apresenta uma abordagem prática, porém, radicalmente nova para as vendas e para o desenvolvimento de novos negócios. A estratégia dessa nova a...

R$35,00