SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 01/09/2005
Autor: Diário do Comércio & Indústria
Fonte: DCI

Governo estenderá a fiscalização a todo País nas farmácias de manipulação

O acirramento da fiscalização dos órgãos de vigilância sanitária sobre as farmácias de manipulação deve gerar uma qualificação no setor. A avaliação é de Hugo Guedes de Souza, presidente da Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag). Nesta semana, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou que suspendeu a manipulação de substâncias de baixo índice terapêutico em 18 farmácias dos municípios de São Paulo, Ribeirão Preto e Campinas. O órgão do governo federal promete ampliar para todo o Brasil a fiscalização sobre o setor.

A medida é resultado de uma forte inspeção realizada em 73 farmácias de manipulação entre 30 de maio e 22 de junho. O objetivo era vistoriar farmácias que manipulam as substâncias de baixo índice terapêutico, em razão do risco que representam se mal ministradas.

Do total de farmácias inspecionadas, 32% manipulam substâncias de baixo índice terapêutico. Dessas, a Anvisa descobriu que 74% não possuem especificações para as matérias-primas e 26% não fazem nenhuma análise de controle de qualidade dos insumos.

Além disso, 21% delas não cumprem os requisitos das boas práticas de manipulação de medicamentos estabelecidas na resolução RDC 33/00. Alguns dos estabelecimentos fiscalizados não apresentaram equipamentos necessários e local apropriado para fazer análises de controle de qualidade. ¿A situação reforça a necessidade de se realizar um programa de qualificação nas farmácias¿, diz Souza. De acordo com ele, a Anfarmag busca a aprovação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para a realização de um programa de padronização e qualificação das atividades realizadas nas farmácias de manipulação.

Souza estima que existem, atualmente, cerca de 5,8 mil farmácias de manipulação no Brasil. O número cresceu desde 1997, quando existiam 2,3 mil estabelecimentos do tipo no País. O executivo avalia que a expansão está relacionada ao crescente número de farmacêuticos formados. ¿Houve um crescimento do número de profissionais no mercado. Ter uma farmácia é uma alternativa de trabalho para a categoria¿, diz.

De acordo com o presidente da Anfarmag, a última inspeção realizada sobre as farmácias de manipulação foi a mais forte já ocorrida porque, junto com a Anvisa, participaram da ação o órgão de vigilância sanitária estadual e os municipais.

Segundo ele, algumas das farmácias que foram autuadas pela vigilância sanitária no Estado de São Paulo já regularizaram a situação.

Em nota, Victor Hugo Travassos, diretor da Anvisa, diz que a inspeção realizada em São Paulo teve como objetivo melhorar a qualidade e o aprimoramento dos estabelecimentos.


Destaques da Loja Virtual
A INTERNET COMO FERRAMENTA DE NEGÓCIOS

A publicação aborda os seguintes assuntos: Iniciando a Conexão: história e evolução, Decisão e Planejamento: qual a hora de começar?, e-Marketing: com...

R$20,00