SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 11/10/2005
Autor: Sandra Motta
Fonte: DIÁRIO DE SÃO PAULO

Renovação ajuda a sobreviver e a crescer

Donos de empresas contam como acompanham as novidades e mudanças em seu segmento de mercado. Na avaliação deles, um dos segredos para se manter atualizado é saber ouvir as sugestões e críticas dos clientes

Muita pesquisa antes de colocar o primeiro produto no mercado, renovação constante das linhas de produtos e um acompanhamento rigoroso da opinião dos clientes. Foi com essa estratégia que o paulistano Ricardo Stefani, 46 anos, garantiu a sobrevivência e o crescimento do seu negócio - a Verdeal, empresa do ramo de acessórios para jardinagem, que hoje tem cinco funcionários fixos e fatura perto de R$ 70 mil por mês.

"Há quatro anos, quando abri a empresa em sociedade com minha mulher, Cristina, já optei por um produto diferenciado, que não havia no mercado brasileiro: uma cinta de polietileno para limitar a invasão de grama em canteiros", conta Stefani. "Hoje esse produto, que pesquisamos muito antes de patentear, consultando mais de 200 possíveis parceiros ,até iniciar a fabricação, é o nosso carro-chefe. O investimento inicial foi baixo; a produção é terceirizada. Mas temos uma preocupação constante com a inovação dos nossos produtos e sei que, sem isso, nossa empresa não teria sobrevivido - a concorrência teria nos engolido", relata o empresário.

Ele conta que, há algum tempo, uma outra empresa tentou copiar seu produto, mas acabou não conseguindo grandes resultados no mercado. "Não tinham a nossa qualidade - que nós ainda conseguimos melhorar, e reduzindo custos. O concorrente só não nos preocupou mais porque não estávamos Parados, mas melhorando nosso produto e lançando novidades", explica. A última é uma linha especial de vasos para plantas, feitos com raspas de pneu reciclado.

Outro ponto da estratégia de Stefani é ficar "colado" nas novidades do segmento - acompanhando dados setoriais, de entidades de classe, matérias em jornais e revistas especializadas, feiras, ,palestras e seminários. Além disso, desde o início estamos sempre consultando nossos clientes - que são os paisagistas, ponte com o consumidor final - e 500 lojas de produtos e acessórios para jardinagem. Pedimos sugestões, opiniões, e acabamos apreciando até mais as críticas que os elogios. Elas é que nos fazem melhorar", ressalta.

As armas nessa comunicação: publicação de informações sobre a Verdeal em revistas especializadas e a atualização constante de cadastro de clientes, com quem a empresa se comunica por e-mail.

Atualização

Dono da L'Henrys Eventos, especializada na realização de coffee breaks (pausa para o café) em reuniões empresariais, Alessandro Tosta conta que nesse segmento os clientes são cada vez mais exigentes, o que exige atualização constante de produtos e também na velocidade do serviço.

"Antes eu tinha dois ou três dias para montar um evento, hoje é tudo pedido em cima da hora, é uma nova exigência do mercado. Precisei ampliar e treinar melhor minha equipe. Também inovei nas opções de cardápio. Passei a oferecer, além dos salgados que eu mesmo faço, alternativas diferenciadas, como lanches de metro, tábua de frios, queijos e vinhos, inclusive em eventos noturnos. Fico de olho no mercado, tento acompanhar eventos dos concorrentes, para saber no que posso e devo melhorar", destaca o empresário. A consulta aos clientes também é regular. "Eles ajudam bastante, principalmente quando fazem críticas e sugestões", afirma Tosta.


Destaques da Loja Virtual
TURISMO RELIGIOSO - V.9

A proposta desta publicação é mostrar ao empreendedor que existe um mercado bastante grande lá fora, mas que é necessário estruturar bem a comunidade ...

R$10,00