SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 17/05/2006
Autor: Jornal do Commércio
Fonte: Jornal do Commércio

Brindes podem cativar o cliente

Presentes devem estar de acordo com o público-alvo da loja

Investir em pequenos mimos para os clientes tem sido uma estratégia bastante utilizada para conquistar e atrair mais clientes no varejo. Seja oferecer espumante, disponibilizar um "personal stylist" ou enviar um cartão-desconto, vale de tudo para fazer com que o consumidor fique satisfeito. De acordo com o consultor Jair Rocha, da Jack's Club Consultoria, é preciso deixar o amadorismo de lado e pensar em ações criativas, preferencialmente personalizadas.

"Entender o perfil do cliente é imprescindível para adequar o mimo à sua preferência. Ele precisa sair da loja com a sensação de que o brinde, na verdade, é um presente ou de que levou vantagem na transação", afirma o consultor.

Para Heidi Georg, gerente de marketing da Época Cosméticos, agradar o cliente nunca é demais, principalmente no ramo de produtos de beleza, que são vendidos em diversos estabelecimentos. "Como nossos produtos não são exclusivos, temos que trabalhar com o inusitado. Distribuímos brindes personalizados da loja, como as folhas mentoladas para refrescar o hálito", explica Heidi.

Os benefícios para os consumidores não param por aí. Heidi acrescenta que são oferecidas happy-hours, cursos de auto-maquiagem, massagem capilar ou relaxante.

Na opinião de Rocha, todos os mimos são válidos para conquistar um cliente. Segundo ele, hoje em dia, é necessário que os lojistas invistam no algo mais. "Não dá para ser apenas 100%. É preciso se chegar aos 120%", ressalta Rocha.

Na Leeloo, de roupas femininas, as idéias surgem das oportunidades. No Dia das Mães, as clientes receberam um trio de sachês exclusivo ao efetuar compras de qualquer valor. "O sachê já é um produto da Leeloo e foi criado a partir da sobra dos tecidos em nossa fábrica, com aroma desenvolvido exclusivamente por nós. Queríamos fazer algo que agradasse às clientes", diz Mônica de Souza, gerente de marketing da rede.

No ano passado, o mimo ficou por conta de uma bolsa de lona, dada às clientes cativas ou que fizessem compras acima de valores pré-determinados.

A gerente da multimarcas Tidsy, Adriana Leal Guedes, acredita que não há erro quando o assunto é agradar o consumidor. "Todo cliente gosta de mimos", diz ela. A loja oferece serviço de entrega em domicílio de roupas.

Personalização dá trabalho

A personalização no atendimento é mais trabalhosa, mas é uma estratégia que permite a visualização do perfil de preferências do cliente o que, certamente, gera resultados e facilita a adequação dos mimos, segundo afirma o consultor Jair Rocha. "O consumidor precisa se sentir privilegiado", destaca.

No setor de gastronomia, os restaurantes também desenvolvem ações para fidelizar a clientela. O italiano Terzetto, integrante do pólo gastronômico da rua Jangadeiros, em Ipanema, procura realizar o desejo dos clientes especiais.

"Às vezes, mandamos vir ingredientes de fora só para fazer o prato solicitado por um cliente", conta um dos sócios da casa, Jorge Conterno.

Ludmila Soeiro, chef do restaurante Zuka, afirma que ações simples garantem a satisfação do cliente. Lá, quem vai ao estabelecimento no dia do seu aniversário ganha uma sobremesa especial, com o nome escrito em calda de chocolate. "É uma maneira simpática de oferecer um presente", diz ela.


Destaques da Loja Virtual
AUTOLIDERANÇA E O GERENTE MINUTO

Estabilidade e segurança no emprego tornaram-se conceitos ultrapassados na atual realidade corporativa: é preciso acompanhar as exigências de um merca...

R$20,00