SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 28/06/2006
Autor: Jornal do Commércio
Fonte: Jornal do Commércio

Plano de negócio diminui riscos

Linhas de crédito voltadas para pequenas e microempresas estão entre as opções

Requisitar uma linha de crédito para viabilizar a abertura de um negócio ou garantir o capital de giro é operação que requer o desenvolvimento de um plano de negócio completo e preciso, para conhecimento do fluxo financeiro anual de uma empresa. A afirmação é do coordenador do Small/Ebape/FGV, Francisco Barone, que alerta para o risco de falência caso haja equívocos nos números obtidos. Além disso, estar atento às taxas de juros e às projeções de mercado são também fatores relevantes antes de fechar um acordo de empréstimo. Para adequar as operações à realidade da empresa, instituições financeiras como o Banco do Brasil, o Bradesco e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disponibilizam diversas opções de crédito para os pequenos e médios empresários.

Barone orienta que, para a abertura de uma empresa, o plano de negócios deve estar o mais próximo possível da realidade da organização, pois qualquer erro é fatal para o êxito do empreendimento. "É preciso observar a diferença entre a receita e o saldo devedor. Ou seja, tem que saber quanto a empresa tem para receber e quanto tem para pagar. No caso da busca por um empréstimo para garantir o capital de giro, o empresário precisa fazer uma pesquisa de mercado, buscando a menor taxa de juros e dimensionando o montante de recurso que vai precisar, pois ele estará onerando o orçamento mensal", explica o coordenador.

Foi fazendo uma pesquisa das melhores taxas do mercado que Victor Bernacchi, sócio do Café Florença, empresa fornecedora de máquinas e de pó para café, optou pelo leasing para a compra das máquinas. "Fazemos os empréstimos via banco comercial e a taxa do leasing foi a que melhor encontrei. O Crédito Direto ao Consumidor (CDC) não é vantagem, pois sai caro. É preciso estar atento para o fato de que o negócio deve gerar uma taxa de lucro maior que a taxa que será paga no banco, senão o fluxo de caixa ficará negativo. Só faço financiamento para adquirir equipamentos e, para concessão do crédito, envio ao banco o relatório de investimentos para comprovar que será viável o pagamento das prestações", ressalta Bernacchi.

Para o pequeno e médio empresário que busca o crédito rotativo em mãos, o BNDES disponibiliza o Cartão BNDES, que permite a compra de produtos dos mais variados segmentos de mercado, com pagamento em até 36 meses a juros baixos. Jacob Kutwak, chefe de departamento do BNDES, explica que o cartão está disponível para empresas que faturam até R$ 60 milhões por ano e que estejam em dia com as obrigações fiscais. "Os bancos emissores do cartão são o Banco do Brasil, o Bradesco e a Caixa Econômica, mas sua aquisição não está vinculada à abertura de conta, a não ser que o emissor opte pelo pagamento via débito automático. Os interessados também podem solicitar o cartão pelo portal www.cartaobndes.gov.br", diz Kutwak, lembrando que as transações de compra são liquidadas pelo portal.

Kutwak destaca que já foram emitidos cerca de 55 mil cartões no Brasil, significando a concessão de R$ 1,25 bilhão de crédito, dos quais R$ 168 milhões foram movimentados. "A taxa de juros varia mês a mês, mas as parcelas possuem valor fixado. O limite de crédito é de R$ 100 mil, estipulado após análise", destaca.

Bradesco empresta R$ 23 bi no primeiro trimestre

No Bradesco, as linhas de crédito disponíveis para pessoas jurídicas são as mesmas para as médias, pequenas e microempresas. Segundo Alexandre Glüher, diretor do departamento de empréstimos e financiamentos do Bradesco, existem linhas para investimentos e outras para suportar o capital de giro. No primeiro trimestre desse ano, o banco emprestou R$ 23 bilhões às empresas, o que equivale a 28% do total de crédito concedido pelo banco.

"Disponibilizamos linhas para antecipação de recebíveis das empresas e temos linhas de capital propriamente dita. Nesse último caso, os prazos de pagamento chegam a até 24 meses e não há o pré-requisito de faturamento. A Linha Conta Garantida é a versão para pessoa jurídica do cheque especial e também é utilizada para a necessidade de capital de giro. As taxas de juros são menores e o limite é utilizado via cheque ou saque em cartão. Voltada 100% para o pequeno empresário, o Bradesco possui linha de utilização eletrônica, para a qual atribuímos limite de capital de giro. Essa pode ser adquirida no ato de abertura da conta", relaciona o diretor, acrescentando que, para orientar os empresários que buscam alternativas de crédito, os gerentes são treinados para que tenham mais informações sobre o negócio do cliente e, assim, saibam encaminhar para a melhor forma de financiamento.

Atendendo às necessidades de capital, o Banco do Brasil oferece o BB Capital de Giro, linha de crédito ajustável ao fluxo financeiro e sazonalidade da empresa, com flexibilidade de adequar as condições do empréstimo com a capacidade de pagamento e a possibilidade de escolha da forma de correção dos encargos. Além dessa, Alberto Stassen, gerente negocial do banco, diz que há o BB Giro Rápido, que atende empresas com faturamento de até R$ 5 milhões por ano, com parcelas fixas para pagar em até 12 meses, com taxa de 2,29% ao mês. "Quando falamos em capital de giro, estamos nos referindo ao fluxo financeiro da empresa, por isso, quanto menores forem as taxas, mais vantagem será para o empresário.

Marcos Oguiura, proprietário do Rei do Mate localizado no Shopping D, em São Paulo, recorreu a um empréstimo para viabilizar a abertura da loja, em 1999. "Abri uma conta corrente no Banco do Brasil, para conseguir empréstimo via Programa de Geração de Emprego e Renda (Proger), e entrei em contato com o Sebrae para apresentar o projeto da franquia. Felizmente, o banco liberou o capital e o negócio deu certo. Na época, o Proger possibilitava o pagamento em 36 meses, com carência dos primeiros doze meses. Assim, nunca tive problemas para pagar as prestações, pois o Rei do Mate gerava a receita necessária", diz.


Destaques da Loja Virtual
CONFEITARIA

Este perfil tem como principal finalidade a apresentação de informações básicas a respeito a abertura de uma Confeitaria. Aqui serão abordados assunto...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)