SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 25/09/2006
Autor: Rodrigo Stüpp
Fonte: A Notícia

Ser líder vai muito além de ser o chefe

É possível ter o respeito da equipe mesmo sem estar acima dos demais

Nas entrevistas de emprego e nos cursos de qualificação nas empresas, ser líder parece quase exigência, pré-requisito, parte do currículo. Os especialistas dizem que ele tem características naturais. Mas também po-dem ser desenvolvidas, como um talento. "Ser líder não é ser chefe", afirma o especialista em recursos humanos Rodolfo Martins. Ele destaca que o resultado não é o único objetivo. "O desenvolvimento da equipe tanto pessoal quanto como um todo é fundamental. Um líder consegue fazer esse processo ocorrer com mais facilidade", prossegue Martins.

Há uma série de características, presentes tanto em manuais fast food quanto nos mais bem acabados livros sobre o assunto. Para Martins, a principal é ganhar o respeito das pessoas pelo que é e não pelo cargo que ocupa. "É fácil alguém se dizer líder quando exerce o poder pela força da hierarquia. Você só aprende a exercer a liderança verdadeira quando consegue isolar essas variáveis e exercer influência pelo carisma, pela empatia, pelo comprometimento e engajamento pessoal", ensina.

O exemplo vem da expansão das funções "inferiores" na hierarquia. "Você se torna uma pessoa mais nobre quando, ao invés de reclamar da secretária que deixou o telefone tocar por se ausentar da sala, atende o telefone, anota o recado e passa para ela depois", prossegue. Contudo, segundo o especialista, isso não deve ser ferramenta de ascensão. "É possível que o líder suba na hierarquia, mas isso é conseqüência. Pode ser apenas uma maneira de gratificá-lo", afirma.

"Nem sempre o líder é bonzinho. Ele pode motivar os colaboradores pela provocação. Quer que o outro prove que ele está errado", diz Fabiana Luciolin, consultora na área de recursos humanos. Saber delegar tarefas, ouvir atentamente os colegas, aprender com os erros, não se limitar à sua função e buscar integrar a equipe também são fundamentais, segundo Fabiana.

Gleydson Otávio Guimarães, de Blumenau, é considerado um líder pelos funcionários de sua empresa. São apenas dez empregados, que se reúnem para discutir idéias, soluções e traçar metas. "Ele é o dono, mas nem faz questão de sentar na ponta da mesa. Só organiza, mas faz a gente falar", diz a secretária Claudete Farias.

Descubra
Você é Líder?

Este teste pode ajudá-lo a mensurar sua efetividade no exercício desta liderança. Nas questões, dê notas de zero a 10, conforme a sua assiduidade.

- Dedico parte importante de meu tempo ensinando a meus liderados as coisas que sei mais do que eles.
- Fico sempre cutucando, instigando e até perturbando minha equipe para mudar, inovar e atualizar-se.
- Faço, desenvolvo e explico com clareza uma visão estratégica sobre nosso futuro comum.
- Tenho obsessão por fazer acontecer aquilo que é planejado.
- Sou democrata na análise da decisão a ser tomada, estimulando a participação de meus liderados.
- Tomada a decisão, sou assertivo na sua implantação, exigindo o cumprimento do que foi decidido.
- Sei e consigo alocar as competências e qualidades de cada membro da equipe às necessidades específicas.
- Dou prioridade total e consigo bons resultados na integração e sinergia da equipe.
- Formulo pactos de desenvolvimento em conjunto com a equipe, mantendo sempre altos os padrões de desafio.
- Sei e aplico bem o que motiva cada um dos meus liderados.
- Em qualquer negociação com minha equipe, consigo aplicar o conceito de empatia com cada um de seus membros.
- Para mim o grupo é muito mais importante do que a minha pessoa.
- No meu time jamais se aplica o velho adágio: "eu acerto, vocês erram".
- Faço questão de reconhecer todas as conquistas e festejar as pequenas e grandes vitórias.
- Trabalho sempre reforçando as qualidades de cada um.
- Sou um líder que se realiza através dos resultados de sua equipe.
- Ouço muito, mas muito mesmo.
- Tenho enorme respeito por cada membro da minha equipe.
- Tenho claros valores para meu time que são discutidos, alimentados e coesos.
- Sei que sou um ser humano liderando seres humanos.

Resultados
Entre 180 e 200 pontos
Você é o Jack Welch brasileiro. Prepare-se para ser o presidente da sua empresa.

Entre 140 e 179 pontos
Vai demorar mais, mas seu caminho na liderança depende de alguns ajustes. Você vai longe.

Entre 100 e 139 pontos
Com esforço você será um grande líder.

Menos de 99 pontos
Um consolo: liderança pode ser aprendida.


Destaques da Loja Virtual
PAPELARIA

Este perfil tem como finalidade apresentar informações básicas a respeito da abertura de uma Papelaria. Serão abordados assuntos relacionados ao merca...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)