SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 07/12/2006
Autor: Folha de Londrina
Fonte: Folha de Londrina

Gestão empresarial: é preciso um diferencial para se sobressair

O que muita gente acredita ser um "sexto sentido", intuição, faro empresarial, típicos de gente bem-sucedida nos negócios é, na verdade, na maioria das vezes, a soma de algumas qualidades entre elas o planejamento.

"Hoje não há espaço para amador. Se a pessoa não tiver conhecimento no ramo que vai atuar, ela será colocada para fora do mercado em pouco tempo", analisa o presidente do Sindicato das Empresas de Serviços, Contabilidade, Auditoria e Perícias de Londrina (Sescap-Ldr), José Joaquim Ribeiro. Segundo ele, antigamente a possilidade de aprender com o próprio negócio era grande. "Hoje a economia ficou mais dinâmica, isso mudou a situação. Os comerciantes não investiam no negócio. Eles abriam e ali permaneciam durante anos".

Em relação á carga tributária praticada há 20 anos, Ribeiro observa que era menor e havia maior prazo para pagar os impostos. "Tínhamos inflaçao mais o País crescia. A carga tributária do Brasil quase dobrou de 1980 para cá de 22% para 37%".

Para o consultor do Sebrae, André Basso, a competitividade sempre existiu, mas hoje ela ganha grandes proporções. "É preciso ter um diferencial para se sobressair no mercado", diz. Para ele, as pessoas que se sobressaíram antigamente possivelmente tinham algum diferencial.

Hoje, prossegue, as opções e as possibilidades melhoraram mas a competitividade ficou mais acirrada. "Para disputar o mercado atualmente é preciso ter mestrado, MBA entre outros títulos. O nível de gestão também é diferente. Em termos de tecnologias as condições também são outras, mas por outro lado, isso demonstra que hoje existe a possibilidade de se ganhar dinheiro com coisas inimagináveis no início do século", justifica.

Para Basso, quem imaginava que poderia ganhar dinheiro na bolsa de cereais ou desenvolvendo sites? "Se fizermos uma comparação relativa é comum a gente ouvir as pessoas dizerem que a terra era barata há 50 anos, mas quem comprava tinha que derrubar o mato com machado".

Um dos grandes problemas, na opinião do administrador de empresas Vandir Fernandes, está na carga tributária."Além dela pesar, ela acaba deixando muita gente na informalidade". O segundo motivo, diz ele, é a concorrência. "Quando que antigamente a gente via falar em mercado segmentado, por exemplo. Hoje é imprescindível pessoas qualificadas e especializadas", avalia. "O cliente mudou os hábitos porque existem mais opções. Então é preciso perguntar para o mercado o que ele quer antes de abrir um negócio. Só saber fazer não é suficiente".



Destaques da Loja Virtual
TOMANDO DECISÕES

Ser bem-sucedido como gerente se resume à sua habilidade de tomar decisões.Decisões sábias levarão você e sua empresa para a frente; escolhas pobres ...

R$17,00