SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 20/12/2006
Autor: Francisco Higa
Fonte: Revista Venda Mais

Definir estratégias é fundamental

Quando um cozinheiro resolve abrir um restaurante, a última coisa que fará em sua nova empreitada é cozinhar. No novo restaurante, terá de administrar a mão-de-obra, as matérias-primas, os recursos financeiros e administrativos, o atendimento e a satisfação do cliente, os fornecedores, entre outras funções que garantirão a sobrevivência do negócio. A sobrevivência de uma nova empresa no mercado depende de uma gestão estratégica modular, ou seja, por partes, e acima de tudo, planejada.

Ao novo empresário cabe estabelecer quais são suas competências e planejar as estratégias competitivas do empreendimento. Também é preciso gerir e estruturar a empresa e gerir as equipes de acordo com os processos internos. É necessário um acompanhamento contínuo de todos os passos a fim de verificar os resultados. Um negócio pautado no planejamento, na disciplina e no acompanhamento tem mais chances de resultar em sucesso do que outro que seguiu o sabor da sorte.

Na maioria das vezes, os processos (o jeito de fazer) são os grandes "vilões" enfrentados pelos gestores em seu caminho. Muitas vezes, os processos impedem que a organização alcance a excelência na área operacional. A melhoria dessas atividades só pode ser avaliada por meio de um desenho do negócio, com análise criteriosa de custos e investimentos, levando em conta as alternativas de terceirização daquilo que não é core business e, conseqüentemente, com um plano estratégico bem-estruturado.

Para que as estatísticas de fechamento de novas empresas diminuam em relação ao "marinheiro de primeira viagem", é necessário que sejam definidas desde cedo as estratégias para a condução do negócio e criadas condições para a empresa posicionar-se no mercado. Além do planejamento inicial de toda e qualquer atividade, recomendo ainda que tenha um plano B na gaveta. Nesse sentido, seja qual for o seu empreendimento, além do posicionamento, estratégia de crescimento, tenha sempre em mãos um plano B para o seu projeto não naufragar.

Alerto ainda sobre mais um ponto-chave para o sucesso dos projetos: as pessoas e o tipo de relação que elas têm com a atividade realizada. A atratividade é uma poderosa ferramenta de gestão. Saber atrair as pessoas certas para os lugares certos, manter a equipe motivada e estimulada geram enormes resultados. Porém, são necessárias análises desses mecanismos e das competências de cada colaborador.

Mais do que empreendedorismo ou criatividade, acredito que para uma empresa ter excelência em sua atuação, é necessário um mix de qualificações. Recomendo planejamentos - de curto, médio e longo prazos -, saber onde quer chegar, estabelecer metas e ter muita disciplina para alcançar os resultados planejados, desenvolver a atratividade para motivação da equipe, resiliência, dedicação e muita atenção a todas as fases. Essas preocupações evitam resultados ruins ou projetos fracassados.


Destaques da Loja Virtual
COMO TRANSFORMAR SEU TALENTO EM UM NEGÓCIO DE SUCESSO

Este livro foi elaborado especialmente para aquelas pessoas que sonham em ter o próprio negócio mas não sabem como fazer para ter sucesso. Nele, a au...

R$45,00