SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 27/12/2006
Autor: Diário do Comércio & Indústria
Fonte: DCI

A diferença entre a gerência e a liderança nas empresas

Nos dias de hoje os paradigmas de administração de pessoas vêem sofrendo diversas mudanças quanto à atuação dos superiores hierárquicos perante a sua equipe no ambiente de trabalho. A maioria das empresas, quando disponibiliza uma vaga para papéis de coordenação, procura um indivíduo com habilidades de um líder.

No velho paradigma, cada indivíduo apenas pensava em executar o seu trabalho, não havia a preocupação com a colaboração com os demais. As ordens eram obedecidas sem questionamentos. Neste modelo todos estão preocupados com a camada superior, ou seja, o superior direto. E ninguém se preocupa com o cliente.

No novo paradigma, surgem as habilidades dos líderes, todos os indivíduos devem servir ao cliente e garantir que suas necessidades sejam satisfeitas.

E do mesmo modo os superiores devem enxergar seus empregados como clientes e se dedicar a identificar e preencher suas necessidades. O papel do líder é servir, oferecer recursos para o grupo trabalhar de forma otimizada e produtiva, é remover todos os obstáculos, os entraves, para que os empregados possam servir os clientes.

O papel de um líder poderá, em certas ocasiões, ser assumido por outra pessoa da equipe que não seja diretamente o superior hierárquico, dependendo da situação.

Liderança

Liderança é o processo de exercer influência sobre um indivíduo ou um grupo, para a consecução de um objetivo, numa dada situação. É importante notar que o conceito de liderança não está vinculado apenas a uma relação hierárquica, do tipo chefe - subordinado. O líder deve se atentar em identificar e satisfazer as necessidades de seus empregados, e não identificar e satisfazer vontades pessoais.

As habilidades fundamentais de um líder são: ter conhecimento na administração de seus talentos; servir de exemplo (é uma referência na organização); ser focado em resultados; permitir o desenvolvimento de todos; compartilhar informação e conhecimento; ser e estar alinhado com a missão da organização; ser pró-ativo; ter a capacidade de delegar (conceder autoridade para que o indivíduo passe a tomar decisões sem consultá-lo); estar disponível para as dúvidas (capacidade de orientar). Os indivíduos que aplicam a liderança possuem seguidores, os demais membros da equipe te acompanham, pois eles confiam no seu trabalho e nas suas diretrizes. Já a gerência possui apenas subordinados, os indivíduos obrigatoriamente te escutam e executam sem questionamentos.


Destaques da Loja Virtual
A NOVA GERAÇÃO DE EMPREENDEDORES

O livro descreve o ambiente que o empreendedor vivencia em seu dia a dia a partir dos diversos desafios que enfrenta. Voltado a empreendedores inician...

R$32,00