SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 10/07/2007
Autor: Flávio Martins da Costa
Fonte: RH.com.br

Rede de relacionamentos

No Brasil, como bons latinos que somos, prezamos muito as relações pessoais. Tudo gira em torno delas. Até mesmo nas relações de empresas sempre nos lembramos daquelas pessoas que ficamos conhecendo, que produzem esse ou aquele produto ou que prestam um determinado serviço.

É aí que entra a "Rede de Relacionamentos": são todos os relacionamentos que temos com as pessoas, feitos inicialmente através de contatos de diversas formas, entre elas:
* Treinamentos;
* Congressos;
* Grupos de amigos;
* Escolas;
* Viagens;
* Clubes;
* Eventos sociais, religiosos, políticos, culturais;
* "Hobbyes";
* Internet (sites, orktut etc.).

São muitas as oportunidades de contato que fazem com que as pessoas venham a se conhecer e lembrar umas das outras nos momentos em que se fizer necessário. As oportunidades podem acontecer espontaneamente ou também ser provocadas. Não é preciso esperar a sorte, pode-se fazer que as oportunidades ocorram buscando grupos de interesse comum e promovendo interações positivas com seus membros.

No entanto, muitos cuidados devem ser tomados nos contatos:

* Mesmo nos eventos mais descontraídos, as pessoas devem manter postura profissional e adulta, evitando excessos para não comprometer a sua imagem perante o potencial cliente. Abusos e até mesmo pequenos deslizes são comuns e devem ser evitados.

* Não confundir encontros sociais com encontros profissionais, embora possam e devam ser aproveitados, buscando não avançar os limites, para não ficar caracterizado como "o chato" que transforma um encontro social em exclusivamente profissional. O que se recomenda é que não se perca a oportunidade de dar "aquele discreto toque". Havendo abertura e interesse da outra parte pode-se ampliar a conversa, desde que se perceba que o interlocutor não está sendo apenas educado. Nessas ocasiões deve-se também tomar cuidado com as outras pessoas presentes no momento, que poderão sentir-se incomodadas. Vale a habilidade na conduta de cada um.

* É preciso se apresentar como pessoa, mas também como profissional e empresa, sem ser inoportuno, sem apresentar excessos.

Para fixação do contato, algumas recomendações são muito importantes:

* Não se esqueça de recursos que façam que você seja lembrado como os cartões de visita, com nome e forma mais fácil de contato. Os bons profissionais com visão e oportunidade não se esquecem de seus cartões até nas suas atividades de lazer e sabem usá-los adequadamente. Brindes discretos, que venham a ficar mais tempo ou em destaque com o contato vão também avivar a lembrança.

* Crie relacionamentos e faça favores. Quem quer ser ajudado precisa ajudar também. Procure fazer ações em favor de alguém, sem demonstrar "segundas intenções".

* Não se deve esquecer de retribuir favores recebidos (reforça muito o elo da rede com quem te fez favores).

* Devem ser criadas formas profissionais de ser lembrado e valorizado, tais como escrever artigos como estou fazendo agora, fazer cursos abertos, dar palestras e cursos, participar de ONG¿s.

* Você não deve se esquecer das pessoas com que manteve contatos. De tempos em tempos contate algumas delas. Não deixe ninguém sem ser contatado por muito tempo: antigos colegas de faculdade, ex-colegas de trabalho, pessoas do relacionamento social etc. Até mesmo aquelas cuja atividade profissional nada tenha a ver com as suas (mas elas podem conhecer alguém que possa precisar de você). Ache uma boa e agradável desculpa para falar com todas essas pessoas. Mas não deixe seus contatos parecerem assédio profissional, moral ou sexual (algumas pessoas podem fazer interpretação errônea ou confusão ao receberem determinados contatos).

* Crie oportunidades de novos contatos com pessoas previamente selecionadas dentro do seu interesse (convide para ou vá a happy hour, evento, curso etc., quando oportuno).

* Seja criativo sem ser evasivo, mantenha seu nome ativo na relação dos outros.

* Crie formas das pessoas saberem o máximo de seu trabalho e de como seu trabalho anda melhorando e você se destacando.

* Discretamente crie dispositivos de informações sobre pessoas de seu interesse profissional: onde elas trabalham, como estão se desenvolvendo, formas de contato, grupos de interesse comum etc.

Se não aparecer uma primeira oportunidade de falar sobre seu trabalho ou produto CRIE, FALE e o OFEREÇA sem ser evasivo e sem "queimar o filme". Seja pró-ativo! Busque oportunidades e resultados e verá que eles acontecem para quem tem o que oferecer e tem também a quem oferecer. Dê preferência para um grande número de potenciais clientes de sua rede de relacionamentos pessoais.

Seja eficaz, tenha resultados profissionais, não basta criar uma rede de relacionamentos sem ter resultados. Faça-a funcionar. As estatísticas mostram que a maioria dos empregos e das oportunidades profissionais acontece para quem tem uma excelente e funcional rede de relacionamentos.


Destaques da Loja Virtual
TURISMO RURAL - V.6

Conjugando-se beleza natural, estrutura e equipamentos adequados nos ingredientes básicos de que os para abrir um empreendimento nesta área. Na realid...

R$10,00