SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 18/07/2007
Autor: Paulo Angelim
Fonte: Gestão e Negócios

"Cuidado com os Gerúndios"

Se você quiser comprovar a heterogeneidade das espécies profissionais, basta dar uma olhada na fauna corporativa . A gente encontra bicho de toda natureza. E todos com características bem especiais. Ultimamente, um deles tem me chamado bastante atenção. É o gerúndio. O Gerúndio é um profissional que prima por colocar tudo o que faz em um estado de constante movimento;
o que a princípio parece ser muito bom, se não fosse o fato de que este estado é perpétuo.

Ele nunca "é" ou "foi" algo, mas sempre "está" em algo. Essa espécie vem se desenvolvendo rapidamente nas três últimas décadas. Principalmente por causa do fenômeno global chamado de "mudanças contínuas". A espécie interpreta que, como tudo está em constante mudança, nada pode ser concluído, tudo tem que estar se "movimentando". Um diálogo com um gerúndio é tão peculiar, que em poucas palavras você percebe que esta diante de um integrante da espécie. Veja o exemplo abaixo, transcrito de uma escuta telefônica clandestina.

É impressionante! Menevaldo? É o Geraldão. Como é que está aquele relatório sobre o qual nós conversamos na semana passada? Chefinho, fique tranqüilo, estou "terminando" . Só estou "fazendo" uns ajustes finais. É rapidinho, e aí, pronto! Mas não era para ter ficado pronto anteontem? Era chefe, mas é que eu estava "esperando" que as coisas ficassem mais calmas por aqui, para conseguir dar atenção a ele.

E o cadastro dos novos clientes, está pronto? Estou "finalizando" , chefe. Estou só "pegando" umas últimas informações, e aí, pronto! Mas quando ele fica pronto? Estou "pensando" , chefe, que até o final da semana ele está "ficando" pronto. "Ficando pronto " , ou "vai ficar pronto" , Menevaldo? É "ficando" mesmo, chefinho. É porque eu não sei a que horas eu vou estar "chegando" amanhã. Estou "fazendo" um trabalho na faculdade, e amanhã a gente vai estar "apresentando" na primeira aula. Menevaldo, e você faz faculdade? É chefe, eu sou "bacharelando" !!! Ta bom! E o controle do estoque do mês passado, Menevaldo, já mandou para a logística. Ah, nem se preocupe, ainda hoje estou "mandando" . Estou só "corrigindo" dados dos últimos dois dias, e aí, pronto! Eu imagino que o processamento do último recebimento esteja na mesma condição, certo? Como é que o senhor sabe? É verdade, chefe, estou "digitando" as notas e amanhã eu estou "terminando" . Menevaldo, não seria "amanhã estará terminado" ? Ah, chefe, quem dera eu pudesse dar essa garantia. Do jeito que as coisas estão "indo" , posso acabar "ficando" dois dias "fazendo" esse processamento.

Menevaldo, eu estive PENSANDO.... e acho que estou CONCLUINDO.... que nos últimos anos você está só me ENROLANDO !!! O Menevaldo acabou sendo substituído por outro profissional, da espécie dos Pretéritos. Esses se caracterizam por usarem termos do tipo "fiz", "mandei", "enviei", "concluí" e outros similares. Outro dia, inclusive, eu encontrei o Menevaldo "enviando" currículos para algumas empresas. Estava "procurando" uma vaga. E Você, pertence à espécie dos Gerúndios ou dos Pretéritos?

Minha sugestão: não fique "pensando" sobre isso. Simplesmente PENSE e CONCLUA.

Matéria da revista Você S.A indicada por Carlos Henrique.


Destaques da Loja Virtual
AGÊNCIA DE VIAGENS

Este perfil tem como principal finalidade a apresentação de informações básicas a respeito a abertura de uma Agência de Viagens. Aqui serão abordados ...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)