SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 07/08/2002
Autor: Vinícius Lummertz
Fonte: A NOTÍCIA

O voluntário empreendedor

Um tipo de organização está se tornando uma realidade cada vez mais poderosa dentro do capitalismo. É o chamado terceiro setor, que congrega as associações civis e as ONGS impulsionadas por voluntários. Nesse terceiro setor se inclui o programa Líder Solidário que o Sebrae lança em nível nacional. A grande diferença desse movimento é que ele está voltado para a área produtiva. Empresários e executivos estarão transferindo a experiência empreendedora acumulada durante anos a uma população ávida para melhorar o desempenho de seus negócios.

O Sebrae contará com a experiência e o apoio da ONG Parceiros Voluntários, idealizada e promovida por Jorge e Maria Helena Gerdau, que já arregimentou, organizou e gerenciou o trabalho de 18,5 mil voluntários. Jorge Gerdau calcula que, para cada real empregado no terceiro setor, a sociedade recebe de volta até R$ 12,00. Caso o mesmo investimento de um real fosse feito pelo governo, o retorno iria variar entre apenas 20 e até 80 centavos daquele real, no melhor dos casos.

Esse milagre às avessas se deve às despesas que o governo teria tanto para arrecadar o dinheiro quanto para aplicá-lo. Em suma, caso fosse um negócio, o voluntariado seria dos melhores do mundo. Para a sociedade é. Com o programa Líder Solidário, o Sebrae pretende aproveitar a experiência de arregimentação e organização acumulada no Rio Grande do Sul e transferi-las para o resto do País. O objetivo final é lutar contra as diferenças sociais, cuja principal dificuldade é a obtenção de dinheiro para a compra de alimentos. Mas isso será feito de maneira indireta. Desta vez, o trabalho dos voluntários será dirigido mais especificamente para a ajuda a todos os pequenos empreendedores formais e informais, interessados em criar ou desenvolver uma empresa.

Assim tem sido feito com muito sucesso nos Estados Unidos, onde a Small Business Administration (SBS) coordena grandes redes de consultores voluntários. Somente a associação Score (Service Corps of Retired Executives) reúne 12 mil. No Brasil, tem sido excelente a receptividade de programas como o Junior Achievement e o Negócios da Juventude, que buscam despertar e desenvolver vocações empresariais entre os estudantes. O objetivo do Sebrae é reunir em dois anos 50 mil voluntários, cujo trabalho resultará em mais de R$ 300 milhões por ano em horas de consultoria gratuita.

O Brasil conta hoje com cerca de 4 milhões de empresas, desse total 99% são micro e pequenas. Há ainda 16 milhões de empresas informais, totalizando 20 milhões de estabelecimentos com um número muito superior de empregos diretos. Ajudá-las com o voluntariado é uma aplicação de grande rentabilidade para quem investe. É também um excelente negócio para o País. O Brasil é um país de oportunidades, o que falta em muitos casos é um empurrão solidário.

Vinícius Lummertz, diretor do Sebrae nacional


Destaques da Loja Virtual
RESTAURANTE

Este perfil tem como principal finalidade a apresentação de informações básicas a respeito a abertura de um Restaurante. Aqui serão abordados assuntos...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)