SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 10/10/2002
Autor: Lyo M Jr
Fonte: PANORAMA BRASIL

Concentrar energias no próprio negócio

Concentrar todas as energias e criatividade no próprio negócio, sem perder tempo e dinheiro com atividades não-essenciais. Esta regra passou a fazer parte da cultura corporativa também no Brasil, a exemplo do que ocorre nas economias mais avançadas. Como resultado, existe uma nova área que não pára de crescer no Brasil, o mercado de serviços profissionais.

Detentores de novos recursos tecnológicos e de pessoal, os prestadores de serviços hoje são capazes de fazer uma empresa funcionar até por controle remoto, à distância, seja com equipes que atuam externa ou internamente. Esta flexibilidade tornou-se vital em uma conjuntura carregada de incertezas provocadas pelas constantes crises. Em decorrência das frequentes reviravoltas no cenário econômico, só se mantêm de pé as empresas enxutas, com os seus custos sob controle e que podem contar com informações gerenciais confiáveis para tomar decisões tanto administrativas, financeiras ou estratégicas. Como os executivos estão com todas as atenções voltadas ao gerenciamento do próprio negócio, sobrando pouco tempo para as funções operacionais, burocráticas e administrativas, é aí que entram em cena os provedores completos de serviços empresariais.

Já não é de hoje que a reclamação é quase uníssona, em especial entre os executivos ou aqueles que centralizam um grande número de funções. Sem poderem concentrar atenção na expansão da empresa, acabam, na verdade, prejudicando o crescimento futuro da companhia.

A novidade é que, premidos pela necessidade de tomarem decisões para enfrentar os reflexos das crises cambiais e da retração econômica, como eventuais cortes gerais nos custos, tanto em serviços quanto em espaço, sem que percam o controle da situação financeira a partir da necessidade de trabalhar com informações confiáveis, os executivos estão recorrendo aos provedores completos de serviços ou simplesmente as empresas de "solutions". São os especialistas em executar, com vantagem, todas as tarefas que não fazem parte do negócio central do executivo (contabilidade,impostos,tesouraria, gestão financeira, administrativa e Recursos Humanos, entre outras) como pagamento de todas as contas, recebimentos, elaboração de folhas de pagamento, resolver pendências na justiça do trabalho e até abrir multinacionais.

Os executivos e acionistas perceberam que não é mais possível sobreviver e administrar a empresa sem a certeza de trabalharem com informações gerenciais seguras e confiáveis. E é por esse motivo que cresce a demanda por serviços terceirizados, principalmente nas áreas contábil e financeira. Além do mais, a situação obriga cada vez maisos executivos a tomarem decisões objetivas quanto à economia de custos fixos, que podem ser substituídos por variáveis, de acordo com o volume de serviços.

As vantagens de contar com os serviços das empresas de "solution" vão desde garantir informações gerenciais confiáveis, através de relatórios que permitam a tomada de decisões estratégicas, como principalmente a possibilidade de substituir rapidamente os custos fixos por variáveis, bem como a redução do risco de contingências legais, fiscais e trabalhistas, padronização de processos e rotinas — permitindo ganho de produtividade — e o cumprimento de prazos de geração de informações.

Além disso, as empresas de "solution", voltadas tanto para as grandes corporações como para o segmento do "middle market", estão comercializando um "produto" raro no mundo dos negócios — economia de tempo para os administradores não perderem o foco em seu negócio, e, assim, vender mais, de preferência com margem elevada de ganho.

Agora, com a pressão exercida pela queda de atividade econômica, grande parte das empresas se vê obrigada a enxugar custos através da redução de espaço, por exemplo, e essa é outra vantagem do serviço exercido pelas "solutions", que muitas vezes comandam as operações à distância, através de equipes especializadas.

Hoje já se pode encontrar no Brasil multinacionais com negócios em todo o território nacional comandadas por poucos executivos capazes de gerar alta rentabilidade e bons resultados com base em vendas com margem de lucro altíssima, pois além de contarem com tecnologia, os custos operacionais da empresa são baixíssimos por não arcarem com departamentos onerosos. Para a concorrência, nestas condições, fica impossível oferecer os mesmos preços, sendo inevitável a perda de mercado.

Para a grande maioria das empresas, trabalhar de forma concentrada nos negócios representa mais do que uma tendência natural na interminável guerra pela competitividade mediante contínua redução de custos. Na verdade, o que está em jogo é garantir a expansão da empresa e não apenas conter custos de forma pouco inteligente. Razão pela qual o papel dos provedores está sendo valorizado à luz da efetiva contribuição para o aumento da eficácia empresarial.

Ao colocar toda a sua contabilidade e gestão financeira nas mãos de especialistas, os administradores das empresas recebem, além de tranqüilidade quanto à execução de tarefas que demandam muito tempo e sujeitas a erros que podem comprometer a sobrevivência da empresa, informações gerenciais fundamentais para tomarem decisões com base em números objetivos.

Na corrida contra o tempo, as "solutions" trazem satisfação também para os executivos que antes perdiam o sono só de pensar que no dia seguinte teriam que trabalhar horas e horas a mais por conta daquelas tarefas que nada acrescentam de valor ao negócio.


Destaques da Loja Virtual
LOJA DE ARTESANATO

Este perfil tem como finalidade apresentar informações básicas a respeito da abertura de uma Loja de Artesanato. Serão abordados assuntos relacionados...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)