SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 10/02/2003
Autor: Valor Online
Fonte: Valor On-line

Contabilidade: escolha da assessoria certa evita prejuízo

Administrar as contas e papéis de uma empresa pode ser tão trabalhoso quanto gerir o negócio. Mas a tarefa não deve ser desafio nem para o mais ousado dos empresários. Contratar uma boa assessoria contábil é a melhor opção para evitar prejuízo. "Embora a lei dispense a microempresa de alguns livros na área fiscal, a economia nesta área não trará vantagens ao empresário", diz a consultora jurídica do Sebrae de São Paulo, Sandra Regina Bruno Fiorentini.

A escolha certa de uma empresa contábil será facilitada por cuidados simples. O primeiro é verificar a situação do contador no Conselho Regional de Contabilidade. "Se ele está legalmente habilitado e não tem nenhum problema, pressupõe-se que tenha capacidade de realizar o trabalho", diz o vice-presidente de registro e fiscalização do Conselho Federal de Contabilidade, Dorgival Benjoíno da Silva.

Outra dica é verificar se o contabilista já tem outros clientes na área solicitada, pois a legislação e a prática contábil variam de setor para setor. A consultora do Sebrae aponta que, provavelmente, uma empresa de cosméticos não encontrará o melhor serviço em uma consultoria que só tenha bares e restaurantes em sua clientela.

Visitar as instalações do escritório também ajudará na confiança do empresário. É lá que ficam guardados, ainda que temporariamente, os documentos do cliente. Para o diretor-executivo do portal Contador 24Horas, Reinaldo Domingos, os empresários também devem procurar conhecer a metodologia de trabalho do contabilista: como é feito o atendimento e a orientação ao cliente, como são armazenados e devolvidos os documentos e qual o nível de informatização do escritório. "Enviar informativos impressos e eletrônicos fará que o cliente se sinta mais seguro", afirma.

Depois de escolhida a empresa, é fundamental fazer um contrato de prestação de serviços com todas as atividades especificadas. Isso evitará futuras discussões a respeito do trabalho pretendido. O cliente também deverá guardar sempre um protocolo dos documentos que enviou à consultoria contábil. Assim, ele não ficará perdido quando chegar a fiscalização.

Em caso de descontentamento, a sugestão é que se exponha imediatamente o problema. Se a falha persistir, o cliente não deve relutar em buscar outro profissional. Foi a necessidade de um sistema informatizado, por exemplo, que fez o empresário Jailson Batista de Oliveira mudar de escritório contábil. O trabalho em sua consultoria de qualidade, a Trade Service, lhe destina pouco tempo para cuidar do envio e recebimento de documentos. "Encontrei um escritório que oferece serviços pela internet", diz.

Outra regra apontada pelo Sebrae é que o cliente nunca dê dinheiro ao contador para pagamento dos impostos. "Isso deve ser feito pela própria empresa", diz Sandra. O médico Anthony Jackson, proprietário de um consultório de pediatria, por pouco não foi impedido de fechar um negócio pelo atraso no pagamento de tributos. "Eu dava cheques ao boy da contabilidade e não sabia que o imposto estava atrasado", afirma.


Destaques da Loja Virtual
SUA IDEIA VALE UM NEGÓCIO?: COMO PLANEJAR E COMEÇAR ...

Todo n ovo negócio precisa crescer e realizar sua missão de dar lucro. Será que seu projeto tem os fundamentos necessários para isso? Neste livro, voc...

R$25,00