SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 24/03/2003
Autor: Valor Online
Fonte: Valor On-line

Gestão do conhecimento aumenta produtividade

A gestão de conhecimento - gerenciamento de todas as informações geradas por uma empresa - deve movimentar este ano, no Brasil, US$ 180 milhões em negócios, segundo estimativa da consultoria E-Consulting.

Também conhecida pela sigla e denominação em inglês - KM - Knowledge Management - , a gestão de conhecimento usa essas informações para melhorar as rotinas de trabalho. A Nokia e a GE Plásticos já adotaram a novidade no país. Os custos da implantação de um projeto dependem do tamanho da companhia e do volume de informações a serem coletadas. As ferramentas necessárias para a implantação de um projeto de controle geralmente são indicadas por consultorias especializadas.

Segundo Rodrigo Keese, sócio da E-Consulting, a gestão do conhecimento pretende, com a ajuda de usuários e sistemas, identificar, classificar e disseminar ativos intelectuais, gerados a partir de tarefas executadas numa corporação.

"A propagação desses dados é determinante no posicionamento estratégico de uma organização", diz Keese. Segundo o especialista, a implementação de uma solução de KM ajuda as corporações a reconhecer novas oportunidades de negócio.

Uma vez disseminado o conhecimento, qualquer funcionário da companhia pode encontrar soluções para problemas que já foram resolvidos por outras equipes e trabalho. Com isso, espera-se que a produtividade total da empresa cresça.

Além disso, as organizações podem se beneficiar da gestão de dados para estimular a criação de novos planos de resultados, que surgem a partir do compartilhamento de informações.

Outra vantagem com a adoção de ferramentas de controle é o aumento das receitas, ocasionado pelo menor "time-to-market" de produtos e serviços, além da diminuição na rotatividade de empregados, por causa da remuneração extra oferecida - quando boas idéias são compartilhadas no ambiente de trabalho.

Mas como trazer o gerenciamento de informações para dentro da empresa? Segundo analistas do mercado, ainda há alguma confusão em relação ao KM. Algumas ferramentas realizam "partes" dessa gestão, geralmente usando módulos de sistemas de ERP-Enterprise Resource Planning, que extraem, classificam e disseminam dados importantes dos sistemas.

Há ainda fornecedores especializados em gerenciamento de conteúdo para portais corporativos. "São soluções mais flexíveis, porém sem os fluxos de processos necessários para a extração dos dados", explica Keese. Outros fabricantes também oferecem soluções de armazenamento, de business intelligence (BI) e datamining, que buscam informações de maneira organizada em algum banco de dados.

Para Carlos Roberto Fontenelle, presidente da Nottingham, também especializada em KM, não existe uma única ferramenta com toda a tecnologia necessária para completa implantação do controle de conhecimento. "É preciso ferramentas de busca, de gerência de conteúdo na web, de gestão de documentos, de colaboração e workflow."


Destaques da Loja Virtual
TURISMO RELIGIOSO - V.9

A proposta desta publicação é mostrar ao empreendedor que existe um mercado bastante grande lá fora, mas que é necessário estruturar bem a comunidade ...

R$10,00