SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 02/04/2003
Autor: Diário do Comércio & Indústria
Fonte: DCI

Preparo para perguntas de gerentes facilita o crédito

O empresário tem maior possibilidade de conseguir empréstimo se for ao banco sabendo o que o gerente tem na cabeça. Em tempos de guerra, como os atuais, em que as restrições são ainda maiores, esse conhecimento é essencial para ter sucesso na obtenção do financiamento.

Em situações como essa, é preciso que o empreeender esteja preparado para responder às perguntas básicas que lhe serão feitas.

“Muito empresário quando vai falar com o gerente nem sabe quanto deve pedir”, afirma o economista Renato Biondo, da consultoria WestMax .

Ele lista pelo menos duas perguntas básicas que o empreendedor precisa ficar pronto para responder de modo a melhorar suas chances de obter financiamento. A primeira pergunta que exige preparação do empresário que necessita de empréstimo é: “Por que você precisa de reais para capital de giro?”. Essa questão, inevitável, deve ter uma resposta convincente para evitar que a expectativa se frustre.

A outra questão que certamente o gerente do banco vai fazer é: “Você tem os controles financeiros da empresa (balanço, contas a pagar/a receber)?”. O banco precisa levantar, por meio desses documentos, não apenas a capacidade de pagamento que a empresa possui, mas também a competência do empresário em gerir seu negócio.

“Banco gosta de emprestar dinheiro para quem ele conhece”, pontua o consultor.

“O pior pedido do mundo”

Efetivamente, transparência pode ser um bom negócio para uma empresa próspera. Um empreendedor em pior situação terá mais dificuldades para convencer a instituição de que é um bom negócio emprestar recursos. Solicitar dinheiro para cobrir dívidas “é o pior pedido do mundo”, exagera o economista.

Nesses momentos, é importante o homem de negócios ter um trunfo ao seu lado: o tempo de relacionamento com o banco. Isto faz parte de uma estratégia para melhorar suas chances nesse caso.

“Você precisa construir um relacionamento com o banco desde quando não precisa de crédito”, coloca Biondo.

Será durante esse tempo que o banco vai poder juntar informações sobre a pessoa jurídica: a movimentação da conta corrente, o consumo de produtos bancários, as aplicações.

Como lidar com os “5 Cs”

O processo de concessão de crédito implica princípios básicos, resumidos nos tradicionais “5Cs”: caráter, condições, capacidade, capital e colaterais.

A pergunta fundamental “será rentável emprestar para esse tomador?” será respondida lançando mão desses recursos. Como conselho final, Gilberto Rose, do Sebrae–SP, recomenda que o empresário tenha dados para provar à instituição financeira que seu negócio é promissor, isto é, informações que indiquem que “a sociedade ainda vai demandar por muito tempo aquele produto ou serviço”.

Essa recomendação remete a um dos obstáculos para a ampliação da oferta de crédito: a inadimplência, considerada alta pelos bancos.


Destaques da Loja Virtual
ACADEMIA DE GINÁSTICA

Este perfil tem como finalidade apresentar informações básicas a respeito da abertura de uma Academia de Ginástica. Serão abordados assuntos relaciona...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)