SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 08/07/2004
Autor: www.abf.com.br
Fonte: www.abf.com.br

Setor de franchising registra crescimento

As possibilidades de investir no franchising brasileiro são muitas, mas dar preferência aos setores considerados promissores pode ser alternativa mais segura. A Associação Brasileira de Franchising (ABF) divulga anualmente as áreas que mais cresceram em faturamento. De 2002 para 2003, os setores de alimentação, educação e treinamento foram destaque.

O setor de franquias no Brasil de uma forma geral foi destaque por não se abalar com a crise econômica e manter as taxas de crescimento dos anos anteriores. Segundo o último balanço da ABF, o franchising brasileiro cresceu, em 2003, 4% em relação a 2002, movimentando R$ 29 bilhões. Para este ano, a previsão da associação é de que o volume movimentado chegue a R$ 30 bilhões, um crescimento também de cerca de 4%. São 678 redes, espalhadas em cerca de 56 mil pontos, gerando 500 mil empregos diretos.

Alguns segmentos de mercado apresentaram desempenho ainda melhor do que a média do setor, como aponta pesquisa realizada pela ABF. O setor de esporte, saúde, beleza e lazer foi um dos destaques, com crescimento de 29% de 2002 para o ano passado, movimentando R$ 4,8 bilhões. "A saúde e a preocupação com a boa forma estão na moda", avalia Ricardo Toledo de Camargo, diretor executivo da ABF.

Embora tenha crescido menos (6%), o setor do alimentação continua entre os mais fortes, tendo movimentado, sozinho, R$ 3,8 bilhões. Com 19% de crescimento no ano passado, o total movimentado pelo segmento de móveis, decoração e presentes foi de R$ 1,4 bilhão, com espaço para crescer mais. Os serviços voltados para automóveis movimentaram R$ 853 milhões, 2% a mais do que em 2002. Com um aumento de 7% no número de redes, o setor de educação e treinamento movimentou R$ 3,4 bilhões, um crescimento de 2%.

- Marcado pela descentralização, o setor tem espaço para crescer um pouco mais - afirma Camargo, com previsão otimista para o setor de vestuário. "Sinais de recuperação na renda abrem espaço para um crescimento neste ano, apesar da queda de 7% no movimento financeiro no ano passado", completa Camargo. A seguir estão exemplos de empresas que seguirão a tendência de crescimento do setor e incluíram o Rio de Janeiro nos planos.


Destaques da Loja Virtual
A ORGANIZAÇÃO QUE DECIDE: CINCO PASSOS PARA REVOLUCIONAR O DESEMP

Muitas organizações não sabem tomar e executar boas decisões. E estão pagando um alto preço - lucros perdidos e pessoas frustadas. Mas as coisas não p...

R$46,00