SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 03/08/2004
Autor: Kelly Ferreira
Fonte: DIÁRIO DO COMÉRCIO

Comércio porta-a-porta ganha cada vez mais adeptos

Sistema de vendas que garante a ocupação de 1,3 milhão de pessoas no País faturou R$ 4,4 bilhões nos primeiros seis meses de 2004, com a venda de 450 milhões de produtos. Uma fórmula que não pára de crescer.

As vendas diretas, velhas conhecidas das donas de casa e das pessoas que complementam a renda familiar revendendo produtos porta-a-porta, não páram de crescer. Só no primeiro semestre deste ano elas tiveram uma expansão de 23% na comparação com o mesmo período do ano passado. O crescimento significou um faturamento de R$ 4,4 bilhões, contra R$ 3,6 bilhões registrados em 2003. De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (Abedv), também houve aumento de 8,8% no número de revendedores e de 20% no volume de itens vendidos.

"Atualmente cerca de 1,3 milhão de pessoas trabalham no sistema de venda direta. Com a chegada de novos revendedores, aumentamos o volume de itens vendidos de 374 milhões em 2003, para 450 milhões no primeiro semestre deste ano", disse Rodolfo Guttilla, presidente da Abedv.

Segundo levantamento da associação, a maior participação no incremento do volume de vendas em relação ao ano passado, apesar de representar somente 0,28% do mercado, veio do segmento de lazer, serviços e outros, com 56,82%. O de cuidados pessoais (como cosméticos, perfumes, bijuterias e vestuário) teve alta de 23,08%, seguido por cuidados do lar (utilidades domésticas, produtos de limpeza, cama, mesa e banho), com 18,44% e complementos nutricionais, com 8,13%.

Já na participação do mercado, o setor de cuidados pessoais registrou aumento de 88,18%. O segmento de utilidades domésticas ficou em segundo lugar, com 8,13%, e o de complemento nutricional com 3,41%. "Acreditamos no potencial deste mercado que vem conquistando a preferência dos consumidores a cada dia", disse Guttilla.
Expansão – A Contém 1g é uma das empresas de vendas diretas que pretende dobrar o número de representantes ativos, além de invadir o mercado com seus produtos porta-a-porta. De acordo com o gerente de Comunicação e Marketing da empresa, Evandro Madeira, de 1993 – chegada da marca ao Brasil – até hoje, a empresa já soma 500 mil revendedores em todo o País. Desses, 18 mil estão na ativa. "Queremos dobrar o número dos que estão na ativa até o final deste ano. Para isso, estamos criando uma nova estrutura dentro do segmento de vendas diretas", disse Madeira, sem revelar as mudanças que ocorrerão na empresa.

O faturamento anual da Contém 1g também não é revelado. Madeira limita-se a dizer que as vendas estão divididas assim: 50% nas lojas franqueadas e 50% nas vendas diretas. Segundo o gerente, no primeiro trimestre deste ano, comparado ao mesmo período do ano passado, foi registrado um crescimento de 25%. A expectativa é fechar o ano com 35% a mais no faturamento, em relação a 2003.


Destaques da Loja Virtual
CONFEITARIA

Este perfil tem como principal finalidade a apresentação de informações básicas a respeito a abertura de uma Confeitaria. Aqui serão abordados assunto...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)