SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 23/08/2004
Autor: Arivaldo Hallgren / Reinaldo Miguel Messias
Fonte: DIÁRIO DE SÃO PAULO

A importância da produtividade para as empresas

A maioria das grandes e médias empresas brasileiras já se convenceu da importância e de como proceder para avaliar sua produtividade. Nem todas porém, compreenderam que produtividade é um conceito muito mais amplo que o quociente de uma certa quantidade física pelo recurso usado para obtê-la. . Entretanto, aquelas que já têm o pleno conhecimento da abrangência do conceito de produtividade são as que de certa forma fazem 'a diferença', que deixam perplexos seus concorrentes e ainda mais os empresários das pequenas empresas, impressionados pela grande diferença que "existe" entre a grande e a pequena empresa.

As pequenas, na maioria dos casos, mais por uma questão de desinformação que por qualquer outro motivo, não se deram conta da grande importância de trabalhar conhecendo e interagindo efetivamente com sua produtividade, explorando os recursos propiciados por ela para a tomada consciente e consistente de decisões gerenciais e estratégicas.
Mas uma coisa é clara e consensual para nós, especialistas em gestão empresarial: "Uma empresa eficaz e sólida é a que explora plenamente sua PRODUTIVIDADE". E não importando seu faturamento, quantidade de clientes, produto, número de funcionários ou segmento de atuação.

Em primeiro lugar é necessário ficar claro a todos que a abordagem atual de produtividade contempla todas as suas áreas. E ainda mais: necessita ser analisada e comparada à luz do meio em que a mesma está inserida.
Ela envolve áreas como: finanças, pessoal, compras, vendas, apoio, etc. E... também produção!

Paro entender de forma precisa o conceito de produtividade, vamos citar um que ao nosso ver se enquadra muito bem às pequenas empresas: "Produtividade é minimizar cientificamente o uso de recursos materiais, mão de obra, máquinas, equipamentos, etc., para reduzir custos de produção, expandir mercados, aumentar o número de empregados, lutar por aumentos reais de salários e pela melhoria do padrão de vida, no interesse comum do capital, do trabalho e dos consumidores". (Japan Productivity Center for Social - Economics Developement ).

Podemos então dizer que produtividade é a interação de diversas condições organizacionais que só adquirem significado quando se transformam em fonte de bem estar empresarial, organizacional e social.

Deixamos claro que quando analisamos produtividade buscamos identificar; analisar e minimizar a influência de fatores que de uma forma direta ou indireta interferem para que algo indesejado distorça os resultados esperados. Por exemplo:
- é totalmente sem consistência medirmos a produtividade numa área de vendas sem considerar as condições de entrega, os prazos de pagamento e a margem de lucro da operação;
- é muito importante no setor de compras podermos avaliar o número de pedidos emitidos pela quantidade de produtos acabados obtidos, mas há que se levar em conta o número de pessoas envolvidas neste processo, o percentual de pedidos recebidos no prazo combinado e a freqüência de faltas de estoque, bem como os custos pagos pelos produtos adquiridos (entre eles preço, fretes, transportes etc.).
- é imprescindível determinar-se a quantidade de peças produzidas por homem X hora. Mas devemos analisar o índice de desperdício, de refugo, o retrabalho e a qualidade obtida em cada posto de trabalho, bem como o custo social (afastamentos e acidentes de trabalho) aferido.

Quantos outros inúmeros exemplos poderiam ser relacionados? Produtividade em pós-vendas? Em prestação de serviços? Em planejamento e execução de projetos?

O importante porém é que se compreenda efetivamente que a produtividade não é um índice singelo e sim múltiplo e complexo.
Um índice isolado não pode servir de parâmetro. E mais ainda, quando se vai tomar decisões com base em produtividade é importante que se considere o índice ao longo de um determinado tempo. Quase todas as empresas têm sua fase de sazonalidade, razão pela qual o período de tempo é uma questão fundamental. Sendo assim, torna-se aconselhável para análise o estudo, por meio de gráficos ou tabelas em que uma das bases seja o tempo, a fim de se identificar tendências .

Devemos sempre avaliar o que uma ação isolada para aumento de produtividade interfere em outro indicador e como eles juntos afetam o desempenho do negócio. Aumentar a produtividade pura em uma fábrica (fazer mais em menos tempo) pode gerar um significativo estoque de produtos acabados, consumo de matérias primas e deve ser coerente com a produtividade de vendas, caso contrário só resultou em "encalhe"! Então será fundamental entender-se a justaposição das produtividades de cada área comparativamente aos propósitos do negócio. Fundamental também é comparar a produtividade alcançada pela empresa com a de outras do mesmo segmento e que apresentem meios e processos equivalentes.

Caso estabelecêssemos como medida de produtividade um indicador de rentabilidade por cliente e aplicássemos a um restaurante de comida a quilo, haveria uma distorção evidente caso quiséssemos compará-lo com o mesmo indicador obtido para uma franquia de lanches tipo fast-food. Os processos, equipamentos e mix de produtos são diferentes! Tal indicador serviria apenas para nortear oportunidade de negócio e não como ¿aferidor de gestão¿. Finalizando devemos salientar que produtividade depende de aspectos comportamentais humanos e principalmente da cultura inerente a cada organização; o humano faz diferença devendo ser seriamente levado em conta. Lembramos que uma empresa não consegue ser melhor que as pessoas que nela atuam. Portanto, o clima organizacional atua ora como causa, ora como efeito nos resultados de produtividade.

Arivaldo Hallgren e Reinaldo Miguel Messias são consultores do Sebrae-SP


Destaques da Loja Virtual
OPORTUNIDADES NEGÓCIOS E EMPRESAS: COMO DETECTAR E APROVEITAR OPO

A partir das experiências do autor, Oportunidades, negócios e empresas esclarece as dúvidas mais recorrentes do universo administrativo e empresarial....

R$28,00