SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 25/01/2005
Autor: Ana Paula Lacerda
Fonte: O Estado de S. Paulo - SP

A feliz união entre casamento e negócios

Confiança e conhecimento das reações do parceiro são vantagens dos casais

Conhecer muito bem quem será seu sócio num empreendimento é a grande vantagem que os casais levam sobre outros grupos na hora de montar um negócio. "A confiança no outro e o conhecimento de como cada um reage diante das dificuldades torna a tarefa mais fácil para eles", diz o consultor jurídico do Sebrae-SP, Paulo Melchor. "Afinal, existem poucos sócios tão confiáveis quanto um cônjuge." Mas ele avisa: é preciso saber separar o papel de empresário do papel familiar, ou ambos podem se prejudicar. "Levar trabalho para casa e a casa para o trabalho o tempo todo desgasta excessivamente o casal", diz Melchor.

"Na minha casa não se fala de trabalho", diz Cecília Fraga, que, com o marido, Vitali Arditti, montou a Cecília Massas. "Quando ele vem com conversa sobre a fábrica no fim de semana, eu digo pra me procurar segunda-feira a partir das oito", brinca. Há 3 anos, o casal ficou desempregado e ela resolveu usar as habilidades na cozinha para montar uma fábrica de massas. Hoje, Cecília produz cerca de 10 toneladas de massa por mês para empresas e varejo.

Enquanto Cecília cuida da produção, Arditti é responsável pela parte financeira da empresa. "Assim que acabarmos a expansão da fábrica, vamos estudar maneiras de exportar." Cecília criou e patenteou uma massa feita com banana, com mais fibras e menos calorias que o macarrão comum. "O macanana (nome com que foi batizado) tem o mesmo gosto do macarrão normal e cozinha mais rápido. Vende muito bem, e é um macarrão extremamente brasileiro."

Melchor comemora o fato de mais da metade dos casais buscarem o Sebrae juntos quando têm interesse em montar uma empresa. "É muito importante que ambos participem do processo, já que os dois irão trabalhar." Também deve ser dada atenção para as características de cada um: "Normalmente a mulher e o homem têm habilidades diferentes, que podem ser exploradas pelo bem da empresa".

O casal Luiz Fernando e Ana Filomena Garcia, por exemplo, tinha o sonho de montar um negócio próprio. "O Luiz é engenheiro, mais objetivo. Eu sou psicóloga, gosto de lidar com as pessoas. Observando essas características, decidimos que montar uma escola de informática uniria o talento dos dois", conta Ana Filomena. Ela atua no atendimento e, ele, no financeiro de uma franquia da Bit Company, na zona norte de São Paulo.

"Trabalhar em conjunto tem a vantagem de que um apóia o outro nas horas de dificuldade", diz Ana Filomena. Luiz concorda, e mostra o lado romântico: "Nosso casamento foi nossa primeira sociedade de sucesso. Não há motivo para não darmos certo como uma sociedade empresarial também."

Existem dois casos, porém, em que o Novo Código Civil não permite aos casais formarem sociedade para abrir uma empresa. A primeira restrição é aos casados sob regime de separação obrigatória de bens, que não permite a união dos bens dos cônjuges, mesmo os adquiridos após o casamento. "Isso porque uma sociedade empresarial criaria um meio de comunicação entre o patrimônio de cada um", explica Alexandre Barduzzi Vieira, advogado e consultor do Caminho Legal.

A segunda restrição é para os casados sob comunhão universal de bens. Vieira discorda desta restrição, mas explica. "Isso foi feito para a preservação da identidade jurídica. Quando um casal sob comunhão universal - que já tem todos os bens unidos - cria uma sociedade, perde-se a definição de até onde vai a pessoa física e onde começa a jurídica." Existe também o fato de que, na sociedade limitada (99% das empresas formadas por casais são limitadas), cada um tem cotas, e na comunhão universal não existem cotas.

"A lei exige que as sociedades se adaptem ao novo código até janeiro de 2006. Os casais sob os 'regimes proibidos' têm três opções: um deles se retira da sociedade, ou muda-se o regime de casamento ou entra-se com uma ação judicial para manter a sociedade."


Destaques da Loja Virtual
LAN HOUSE

Este perfil tem como finalidade apresentar informações básicas a respeito da abertura de uma Lan House. Serão abordados assuntos relacionados ao merca...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)