SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 15/02/2005
Autor: Estado de São Paulo
Fonte: Estado de São Paulo

Quando é bom ter o concorrente por perto

Ruas especializadas em certos tipos de comércio sempre têm bom movimento

O melhor lugar para abrir um negócio é aquele onde não há concorrência, certo? Nem sempre. Às vezes, ter concorrência - e muita - bem ao lado da sua porta pode ser mais benéfico do que desvantajoso. "Os locais que concentram um grande número de estabelecimentos comerciais da mesma área acabam atraindo muitos clientes porque tornam fácil para eles a missão de saber onde procurar," diz o consultor de Marketing do Sebrae-SP, João Abdala Neto. "Como o aspecto 'ponto' é muito importante para o bom andamento de um negócio, o empresário deve analisar se é melhor procurar um local consagrado ou uma área onde não há concorrentes, porém existe uma demanda reprimida."
Quem atua nos chamados "corredores" - locais de concentração - afirma que a opção é vantajosa devido ao público sempre presente. "Aqui, cerca de 50% dos clientes entram porque estavam passando na rua procurando algum lugar interessante. É um número muito alto," conta Daniel Nagao, proprietário do bar Maevva, no bairro de Vila Olímpia, em São Paulo - onde há um grande número de casas noturnas. "Atendemos, em média, 500 pessoas por noite."

Dala Cotovio, gerente da Maison das Noivas, localizada na Rua São Caetano - a famosa "rua das noivas" da capital paulista -, lembra que é preciso, no entanto, se diferenciar para que o cliente opte por um estabelecimento específico. "Aqui temos muita concorrência, então investimos em qualidade," explica. "Temos um estilista próprio que cria modelos exclusivos para nós e está sempre atento às novidades que vêm da Europa. As clientes vêem novidades em revistas e na internet e já as encontram aqui."

Dala diz que todas as funcionárias também aprendem a valorizar a noiva. "Elas sabem indicar o vestido que combina com o corpo, com o cabelo e que a faça especial. Porque não vendemos apenas um vestido, vendemos sonhos." E o atendimento tem de ser de primeira linha: "Não interessa se ela vai levar um vestido simples ou um super-elaborado. Qualidade no produto e bom atendimento são a fórmula para ele entrar na sua loja, e não nas outras."

Além do cuidado com o atendimento e produtos, os funcionários da Itaicy, uma loja de luminárias na Rua da Consolação, cuidam para que a casa tenha sempre uma decoração agradável. "Se a loja não for bonita e os produtos ficarem todos empilhados, o cliente não os observa com atenção. Às vezes, nem entra," diz o gerente e vendedor Milton César de Oliveira. "Vendemos produtos com design moderno que tem de ser bem exibido."

Apesar de a Itaicy estar na mesma quadra de outras seis lojas de luminárias (fora as de outras quadras e no outro lado da rua), Oliveira diz que não há inimizades entre eles. "Até organizamos um campeonato de futebol com os funcionários das lojas," conta.

SERVIÇOS EXTRAS

Abdala Neto, do Sebrae, diz que quando há muitas lojas semelhantes no mesmo local, oferecer serviços diferenciados é um investimento vantajoso. "O cliente vai procurar um estacionamento e vai querer que a loja entregue em casa, por exemplo. Como os preços nesses corredores tendem a ser muito semelhantes, a loja que oferecer esses confortos vai ganhar mais pontos na decisão do cliente."

Uma das maneiras que a Itaicy encontrou para atrair os consumidores foi fazer parcerias com decoradores. "Quando o cliente precisa, indicamos um profissional adequado ao desejo dele. Os decoradores também indicam nossa loja quando acham que os produtos combinam com os projetos." Há 26 anos atuando na região, a empresa perdeu a conta de quanto já vendeu de luminárias. "Prefiro estar aqui na Consolação, no meio de uma centena de lojas de lustres, a ficar isolado em qualquer outro lugar," diz Oliveira.

Ser diferente, um segredo para atrair os clientes

A reputação da região influencia no movimento do comércio. "Se os concorrentes são bons, a região toda fica movimentada. Isso gera um público espontâneo que representa até metade da clientela de uma noite," conta Daniel Nagao, proprietário do bar Maevva, na Vila Olímpia. "Acontece de às vezes a gente estar muito bem, mas se os bares em volta vão mal, recebemos menos clientes porque a região perde o interesse dos consumidores."
Uma situação parecida aconteceu com os bares da Rua Mário Ferraz, no Itaim Bibi. A região era muito movimentada na década de 80, mas decaiu nos anos seguintes devido ao insucesso de alguns estabelecimentos. "Agora, algumas empresas resolveram investir na região e ela está recuperando o glamour que tinha há 20 anos," afirma Juan Troccoli, proprietário do Azucar, bar de temática cubana. "Já se encontra todo tipo de restaurantes aqui. Japoneses, confeitarias, cafés."

Novamente, o segredo para atrair a clientela é ser diferente. "Além de nossa ambientação em Havana, nosso cardápio é assinado pelo chef Emmanuel Bassoleil," conta Troccoli. E o bar aproveita um dos dias mais parados da vizinhança para realizar sua noite mais movimentada. "A segunda-feira é nossa noite de maior movimento, e um quarto das pessoas é freqüentador cativo da casa. Ultrapassa bastante a média de 150 pessoas dos outros dias."

No Maevva, a estratégia para atrair o público foi criar um ambiente polivalente. "Temos bar, restaurante e pista de dança," diz Nagao. "O cliente pode vir para um happy hour, para jantar ou para dançar. Ou pode emendar uma coisa à outra." Ele brinca dizendo que o ambiente favorece o encontro de casais. "O rapaz vê a menina bonita no restaurante e fica sem jeito de ir até a mesa dela. É muito mais fácil se ele puder encontrá-la depois na pista."

Nagao critica o que chama de "más atitudes" da concorrência. "Na Vila Olímpia existe uma média de preços praticada pelas casas. Já houve casos de empresários que estavam indo mal e baixaram demais os preços para atrair mais clientes. Não considero isso correto para com as outras casas da região, que conquistam seus clientes por seus méritos."


Destaques da Loja Virtual
CONFEITARIA

Este perfil tem como principal finalidade a apresentação de informações básicas a respeito a abertura de uma Confeitaria. Aqui serão abordados assunto...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)