SEBRAE/SC - Artigos para MPE's

 
  Data Inclusão: 14/07/2005
Autor: Diário do Comércio & Indústria
Fonte: DCI

Negócio da moda impulsiona oferta de cursos

Com o crescimento da indústria da moda brasileira, que nos últimos cinco anos ganhou projeção no mercado internacional, as empresas do setor buscam cada vez mais profissionais especializados em gestão desse tipo de negócio. Esse segmento, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), emprega mais de 1,5 milhão de pessoas, sendo que o balanço de 2004 da entidade registrou que a produção de vestuários foi de 6,4 bilhões de peças. Para este ano, a Abit projeta uma produção de 7,2 bilhões de peças.

De olho nessa demanda por gestores com melhor performance no mundo da moda, algumas entidades de ensino superior, como a Faculdade de Artes Plásticas (FAAP), Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e o Centro Universitário do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) já oferecem cursos de graduação, pós-graduação e Máster in Business Administration (MBA), que preparam profissionais que estejam interessados em atuar ou que já atuem em gestão profissional no setor da moda.

Segundo a diretora de marketing do Instituto Brasileiro de Moda (IBModa), Luciane Robic, as confecções estão ampliando a sua produção e os varejistas também estão crescendo, deixando de ser empresas administradas por familiares e se profissionalizando em busca de novos mercados.

"Toda a cadeia têxtil está se reposicionando para enfrentar esse mercado cada vez mais profissionalizado e concorrente. Esse é o momento de buscar gestores que têm uma visão mais estratégica de negócios, uma capacidade de raciocínio lógico para criar e acompanhar as mudanças do padrão de comportamento do consumidor", afirma.
Para o coordenador do curso de moda da FAAP, Ivam Bismara, essa demanda por um novo perfil de administrador já é sentida na faculdade através da procura que muitos alunos estão fazendo no período do processo seletivo. Cada vaga do curso chega a ser disputada por três estudantes. Desde 2001, o crescimento no número de alunos é de 20%. Na escola, o valor do curso é de R$ 1.430 mil, com duração de dois anos.

Bismara explica que na faculdade, o curso é seqüencial, voltado para profissionais já formado e para a pessoa que já tem o segundo grau completo e que deseja se aprofundar no assunto.

Além dessas aulas teóricas, eles têm também aulas práticas de modelagem para desenvolver o seu produto de acordo com o seu próprio estilo. A faculdade estimula esses profissionais a participarem de eventos do setor. "A fundação, nos últimos anos, realizou eventos com a presença de Pierre Cardin, Oscar de La Renta, Ocimar Versolato, Alexandre Herchcovitch e Christian Lacroix. Esses encontros servem para que o profissional perceba as tendências do segmento e forme a sua rede de relacionamento e contato com o mercado", diz.

Outra faculdade que já dispõe no mercado curso de gestão em moda é a FGV-EASP. O curso chama-se Fashion Business - O Negócio da Moda. Segundo a coordenadora executiva, Adriana Dias, os estudos desenvolvidos pela escola de administração e negócios são voltados para a formação executiva do aluno.

"Há três anos a FGV resolveu abrir esse espaço para os profissionais e empresários que têm interesse de profissionalizar a sua empresa. Preparamos esse público para que ele transforme a sua arte em negócio", afirma.
Os estudantes que participam dos programas de gestão em modas da FGV-EAESP já são profissionais que atuam no mercado e buscam uma especialização com foco no business, segundo a coordenadora. E para embasar essa formação que o gestor precisa para melhorar a sua performance no mercado, a faculdade aplica disciplinas de Direito, Administração, Plano de Negócios e Marketing na programação do curso. "As disciplinas relacionadas a marketing ajudam os profissionais a compreenderem melhor o perfil do consumidor, além de oferecer conhecimentos em ferramentas de pesquisa", explica.

Na FGV-EAESP, o Fashion Business - O Negócio da Moda, tem 180 horas e o valor da mensalidade é de R$ 1,5 mil.

Mercado
Para Luciane Robic, diretora de marketing IBModa, ao passar pela experiência de um curso focado em negócios, o estudante ou o profissional que já atua no segmento, entende como é possível explorar novas possibilidades e oportunidades de comercialização, que possam oferecer menor risco e maior retorno para a empresa. "Se estamos no inverno, mas ainda não está fazendo frio em algumas regiões, é preciso repensar a estratégia de distribuição do produto. Esse gestor tem de estar sempre atento a questões comportamentais, influenciadas pelo clima, por exemplo", diz.

O IBModa também oferece cursos de gestão. É o MBA em Marketing e Design, que se destina a profissionais de qualquer área, com formação superior. Este curso tem 580 horas. As inscrições acontecem em agosto e o valor da mensalidade é de R$ 735.

De acordo com cálculos da diretora, em cinco anos, a demanda pelo MBA da IBModa cresceu 50% em número de alunos. "Desenvolver trabalhos e buscar um relacionamento com players na área de moda através de workshops é o que o instituto procura para passar ao profissional", afirma.


Destaques da Loja Virtual
EMPREENDEDORISMO NA VEIA

Poucos são os negócios que duram muito. E vários são os exemplos de negócios que cresceram rapidamente para, no final, afundarem com a mesma velocidad...

R$45,00