Oportunidades de Negócios

 
  Data Inclusão: 08/01/2009
Autor: Empreendedor

Idéias criativas e empreendedoras se transformam em negócios rentáveis

Inventores do Separador de Alumínios, Chinelo para prevenção de joanetes, Ducha aromática e Módulo Inflável de propaganda móvel esperam atrair boas parcerias

Tudo começa com uma boa idéia na cabeça. Em seguida, após o desenvolvimento de um protótipo e a realização de testes, o inventor tem a certeza de que o fruto daquela boa idéia vai melhorar a vida de muitas pessoas. A partir daí, muitos deles se perguntam: "O que fazer agora?".

A Associação Nacional dos Inventores, entidade sem fins lucrativos, foi criada para que as invenções brasileiras sirvam a toda sociedade e para estimular os inventores a continuar dedicando-se à descoberta de novidades. "Nosso papel é incentivar e popularizar as inovações tecnológicas no País", afirma o presidente e fundador da entidade, Carlos Mazzei. "Trabalhamos na orientação e regularização das patentes de projetos e na posterior comercialização dos inventos em escala industrial".

Muitos projetos de extrema importância ainda aguardam investidores decididos a produzi-los em escala industrial. Outros já estão no mercado, trazendo bons lucros a quem os criou. "Quando se fala em invenção, muitos pensam apenas em projetos `malucos¿. Eles também existem, mas, anualmente, são desenvolvidos diversos produtos e soluções para os problemas cotidianos", explica Mazzei.

Alguns projetos de inventores que buscam parcerias no mercado são o Separador de Alumínios, Chinelo para prevenção de joanetes, Ducha aromática e Módulo Inflável de propaganda móvel. ¿São invenções que primam pelo bem-estar das pessoas e preservação do meio ambiente. Por razões tão nobres, merecem conquistar espaço no mercado¿, reforça.

Separador de Alumínio de embalagens cartonadas

Wagner Jansiski Sanerip, estudante de Física da Unicamp, inventou esse processo como forma de solucionar um grande problema ambiental. Sanerip explica: "A embalagem cartonada é constituída de papel, plástico e alumínio. Esta matéria-prima nobre de grande valor comercial se perde ao ser descartada em lixões e aterros, pois, sem a separação, não pode ser reciclada e não possui valor atrativo para os catadores. Devido à sua composição multicamada (papel, plástico e alumínio), leva vários anos para se decompor".

No processo criado por Sanerip, os materiais que envolvem o alumínio passam por uma decomposição térmica, da qual sobram somente o metal e as cinzas. Para isso, as embalagens são colocadas em um forno de aquecimento por indução magnética. O alumínio pode, então, ser derretido e moldado em lingotes para reciclagem. "Ao aquecer, o alumínio não oxida, pois o processo não contém fogo ou chama de ignição e, portanto, também não é poluente".

A idéia surgiu após o estudante conhecer, pela mídia, o problema da Tetra Pak em reciclar suas embalagens. Embora hoje a empresa utilize outra técnica para separar o plástico do alumínio, denominada Plasma, Sanerip afirma que "esse processo é mais complexo, gasta mais energia e requer lavagem das embalagens". A invenção está com solicitação de patente protocolada junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). ¿Como a patente é de um processo, não de um produto, não é necessário desenvolver protótipo ou máquina. Basta o interessado ter acesso à patente e reproduzi-la¿, conclui esperançoso.

Chinelo para Prevenção de Joanete

A podóloga Valdeni Reis Martins inventou um chinelo para uso diário que substitui o modelo atual e deve ser usado, principalmente, para quem tem joanete em fase inicial ou até já instalada. Serve para impedir que o dedão se incline em direção aos outros dedos. "De imediato há alívio das dores devido à nova posição do dedão, que fica com a articulação encaixada", explica Valdeni. O uso constante do chinelo impede a evolução do joanete e pode até curá-lo.

A inventora conta como surgiu a idéia: "Sou podóloga e convivo com joanete todos os dias. Oriento minhas clientes a massagear o dedão: com uma das mãos, puxar o dedão em direção contrária à sua inclinação e manter essa posição por algum tempo. Certo dia, durante o banho, o chinelo saiu do meu pé, ficando o dedão apoiado na tira do chinelo, exatamente o que eu ensinava. Então, pensei num chinelo que fizesse esse exercício freqüentemente, com duração prolongada", orgulha-se. A invenção da podóloga está patenteada e conta com apoio da ANI para encontrar um fabricante. ¿Estou otimista que encontraremos logo uma empresa interessada no produto, pois o número de adultos com joanete é grande¿, finaliza.

Ducha Aromática

O empresário Carlos Roberto Nery Santos Souza, torneiro mecânico de formação, inventou um modelo de ducha para banhos aromáticos. "No próprio chuveiro a pessoa pode tomar um banho terapêutico, relaxante, energizante, revigorante, de purificação e até afrodisíaco sem necessitar de adaptações. A pessoa escolhe: especiarias aromáticas, óleos essenciais, ervas medicinais, sais de banho, óleo vegetal, pétalas de flores", enumera.

A ducha aromática é um conjunto de peças desmontáveis de material plástico. Contém um receptor de substâncias e um refil para sabonete líquido. Ao abrir o chuveiro, as substâncias, com ou sem o sabonete, descem junto com a água. ¿O dispositivo tem controle de regulagem para pouco, médio, mais ou nenhum sabonete líquido¿, explica Souza. "O banho torna-se terapêutico. Cada combinação de produtos traz um efeito diferente para o banho: relaxamento, meditação, controle da tensão pré-menstrual etc.", sugere. A idéia surgiu quando Souza ouvia um locutor de rádio receitar para uma ouvinte que se dizia estressada e cansada, um banho com sais aromáticos. "Ela deveria pôr os sais em um saco tipo coador e amarrar no chuveiro. Imagine o inconveniente e o perigo desse método! Além disso, a água jorra do saco sem o espalhamento natural do chuveiro", calcula o empresário.

Módulo Inflável de Propaganda Móvel

O designer Marcos Renato Moura Pires é um grande amante dos esportes. Ao observar a visibilidade dos gandulas nos jogos, pensava: "Eles estão tão expostos e não têm nenhum tipo de patrocínio ou anúncio. Podem ostentar um anúncio nas costas". Foi então que pensou num módulo inflável, fixado e preso por alças como uma mochila, com fechos, que passa pelos ombros e cintura de quem estiver usando. Permite leveza e mobilidade sem prejudicar a coluna. Trata-se de uma versão moderna dos famosos `homens-sanduíche¿, que se encontram ainda hoje nos grandes centros das grandes cidades e carregam pesadas placas de madeira. ¿Por poder ultrapassar a cabeça do usuário, ele pode ter o anúncio na parte frontal e traseira, permitindo que muitas pessoas o visualizem¿, observa Pires.

A ANI orientou o inventor na obtenção da patente no Brasil e em outros 192 países. O apoio à criação do designer levou o produto para diversos canais da mídia e até para a China, onde houve uma feira de inventores em setembro. O invento de Pires, junto com o de outros, recebeu até homenagem na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo.

"Hoje, além do uso apenas em eventos esportivos, vejo um universo de infinitas possibilidades que passa por frentistas de postos de gasolina, promotoras de vendas em supermercados, garotas-propaganda de imóveis e automóveis, modelos, propaganda política", imagina Reis. "Onde a propaganda e a idéia existirem essa invenção estará por perto, pois é viva e linda além de ter um universo de cores e formatos", brinca o designer. Como o produto destina-se unicamente a anunciantes, só é fabricado quando a agência de publicidade lança ou promove um produto. O próximo passo é contatar essas agências para poder lançar o produto como uma nova mídia. "Já temos um piloto em dois bancos", conta, orgulhoso.

*Os textos aqui apresentados são extraídos das fontes citadas em cada matéria, cabendo as fontes apresentadas o crédito pelas mesmas.


Fonte: Empreendedor


Destaques da Loja Virtual
ACADEMIA DE GINÁSTICA

Este perfil tem como finalidade apresentar informações básicas a respeito da abertura de uma Academia de Ginástica. Serão abordados assuntos relaciona...

De R$8,00
Por R$6,00
Desconto de R$2,00 (25%)