Oportunidades de Negócios

 
  Data Inclusão: 18/10/2004
Autor: Diário Catarinense

Fábrica do Meio-Oeste desenvolve centrífugas

Tecnologia reduz em até 50% o custo dos decantadores

O empresário Bernhard Joséf Gratt resolveu investir em um novo filão pouco aproveitado no país. Há quatro anos, direcionou a produção de sua metalúrgica, localizada em Capinzal, para construir decantadores.

O produto, usado por indústrias frigoríficas e de bebidas, era, na maioria, vendido no país por empresas estrangeiras. Em 2000, Gratt prestava serviço na manutenção de equipamentos para frigoríficos e foi convidado a fazer o produto no país.

A oferta foi bem aceita. Comprou a tecnologia de uma empresa argentina do ramo que estava fechando e adequou a pequena metalurgia a essa produção. Hoje, a indústria Gratt é uma das únicas que produz centrífugas decantadoras.

A máquina é usada para separar os produtos sólidos dos líquidos. A nacionalização do produto fez o preço das máquinas reduzir 50% para o mercado, afirmou o empresário.

Nesses quatro anos de produção, a empresa comercializou 220 máquinas. O valor de cada uma varia entre R$ 73 mil e R$ 480 mil, conforme o modelo e quantidade de litros centrifugadas.

A última novidade do mercado é a máquina que produz farinha de sangue. Adaptada para frigoríficos, aproveita o líquido animal para a fabricação de ração, muito usada para o tratamento de peixes ornamentais e camarão.

- A vantagem para a indústria é que aproveita cerca de 15 mil litros de sangue que são jogados fora diariamente para a produção de farinha, que poderá ser vendida a R$ 1, 20 o quilo - analisou o supervisor técnico da empresa, André Damaceno.

Dificuldade para encontrar mão-de-obra qualificada

A dificuldade da empresa é na contratação de mão-de-obra especializada. Durante dois meses foi difícil encontrar um soldador com experiência. A vaga foi preenchida com a contratação do paulista José de Oliveira, que trabalhou na função durante a construção da usina hidrelétrica de Machadinho (RS).

- Ainda bem que fiquei por aqui. Eu até conseguiria emprego em São Paulo, mas a qualidade de vida em Capinzal é bem melhor - elogiou.

Ainda há duas vagas para torneiro mecânico abertas e a previsão é aumentar a oferta de empregos com a expansão da área em mil metros quadrados.

Entenda a produção
A Gratt pode produzir até cinco decantadoras por mês.
Hoje, a produção chega a 80 unidades, ante as 20 de 2000.
A empresa quer colocar a marca no mercado externo a partir do próximo ano.
Com a certificação do selo ISO 9000, a projeção é comercializar para Equador, Chile e Uruguai.

( diego.rosa@diario.com.br )

Fonte: Diário Catarinense


Destaques da Loja Virtual
EU QUERO SER EMPRESÁRIO ... RICO!

Você sabe por que a maioria das empresas brasileiras sobrevive, mas não enriquece? Sabia que Deng Xiaoping ergueu na China, há quase trinta anos, a ba...

R$33,00