Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Setores
Confecções e acessórios
Sistema de Inteligência Setorial
Vestuário
14 ago. 2017

A revolução dos cachos!

Nos últimos dois anos, as buscas por cabelos afro cresceram em torno de 309% e pela primeira vez, superou o interesse pelos cabelos lisos. Essa tendência nasceu do underground e se tornou protagonista com a força de símbolo do amor próprio e do fortalecimento da identidade negra e afrodescendente. Os discursos de empoderamento feminino e de aceitação da própria beleza foram dois fatores muito importantes que contribuíram para o crescimento dessa tendência de mercado. Mas como se preparar para essa revolução? O que o consumidor procura?
  • 24% das mulheres de 18 a 24 anos reconhecem seu cabelo como cacheado.
  • 68% do público espera uma postura aberta e transparente sobre os claims de produtos e como eles são feitos.
  • 58% do público prefere comprar marcas e produtos que conversem por meio de seus interesses.
  • 52% do público quer que as marcas abram espaços para participação: querem se sentir informados e envolvidos.
A moda africana no Brasil A cultura afro é muito vasta e rica. O vestuário afro revela costumes e hábitos, músicas e danças e também a ancestralidade, explorados em elementos da sua religião. Com isso, a valorização da identidade negra abre caminhos para novos nichos de mercado. A moda afro-brasileira agrega elementos regionais - nossos costumes, cultura e vestimentas são combinados com as referências africanas. É possível observar essas referências na mistura de tecidos coloridos e estampas étnicas com recursos regionais, como a renda, o bordado ou a simbologia indígena. Elementos afro-brasileiros A moda afro-brasileira é muito diversificada e constantemente surge como tendência na moda. Veja alguns itens que são básicos e outros que são apostas:
  • Cores: As cores são vibrantes e seus tons são mesclados com a sobreposição de outras cores fortes.
  • Texturas: Lembram a pele dos animais, geralmente cobras e crocodilos. As peles de felinos também são muito utilizadas.
  • Acessórios: Materiais naturais, como ossos de animais, chifres, pedras e penas. Remetem aos acessórios usados por tribais ou até mesmo os indígenas brasileiros.
Peças tradicionais
  • Turbante: Faz parte da cultura africana e é usado tanto por mulheres quanto por homens. Além da questão estética, pode representar questões sociais e religiosas.
  • Batas e túnicas: As batas estão sempre na moda. Lisas ou estampadas, elas podem ser combinadas com saias ou com o jeans do dia a dia.
  • Colares de contas: São feitos de diversos materiais. Podem representar cultos religiosos, por isso, a escolha do material corresponderá a um determinado orixá. Em desfiles de moda são utilizados para compor os looks das coleções, independente do significado que possuem.
Saiba como aproveitar melhor esse nicho de mercado com o Boletim de Tendências do SIS Sebrae!
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou faça seu login!