Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Artigo
13 mar. 2015

Catarinense está entre as vencedoras do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

No dia 05 de março o Sebrae anunciou as vencedoras nacionais do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. Entre as premiadas está a catarinense Silvia Maria Rauber, proprietária da empresa Saber Centro de Educação Profissional, de Concórdia. A empresa de Silvia ganhou o troféu de bronze na categoria Pequenos Negócios e concorreu com outras 1.500 empresas de todo o Brasil.

“Eu ainda estou processando a alegria por esse reconhecimento. É gratificante ver a minha empresa ganhando um prêmio em que concorri com mulheres de todo o Brasil. Mas essa premiação é uma prova de que quando a gente faz as coisas com amor e dedicação não tem como dar errado”, comenta Silvia. A empresa de Silvia tem 5 anos de vida e já coleciona prêmios. Em 2013 foi vencedora da etapa estadual do Prêmio MPE. No ano passado venceu a etapa Estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios e agora conquistou o terceiro lugar na etapa nacional. “Trabalho muito para gerenciar o meu negócio com excelência e acredito que ainda temos muito para melhorar e crescer”, afirma. A escola Saber Centro de Educação Profissional surgiu para suprir uma demanda na educação de Concórdia, oferecendo a população da cidade cursos profissionalizantes e aulas de apoio para alunos de ensino fundamental e médio. “No começo dávamos aulas particulares de apoio a estudantes que tinham dificuldade em determinada matéria. Aos poucos a empresa foi crescendo e além das aulas particulares também oferecemos cursos de informática, idiomas, artes, cursos administrativos, treinamentos empresariais, etc. Temos um leque de serviços muito amplo e profissionais qualificados que trabalham pela educação”, comenta Silvia. Para a gestora do Prêmio em Santa Catarina, Ana Lídia de Souza, o reconhecimento nacional de uma empresa do Estado ratifica a força da economia catarinense. “Somos um Estado empreendedor e o reconhecimento disso, por meio de uma premiação nacional, é essencial para incentivar cada vez mais empreendedores a buscar o aperfeiçoamento do seu negócio. O Sebrae/SC trabalha para auxiliar esses empresários a buscar a excelência dos seus negócios”, comenta. Para o presidente do Sebrae Nacional, Luiz Barretto, o prêmio é uma forma de reconhecer o trabalho de mulheres que tiveram a atitude de iniciar uma empresa superando todas as adversidades e o preconceito. “E, mais do que isso, tiveram o compromisso de levar essa empresa adiante, com uma gestão profissional e competente. Essas empreendedoras, com seus exemplos, servem de estímulo para outras tantas mulheres que sonham em abrir uma empresa, mudar de vida e transformar a realidade de suas famílias e da sua comunidade”, ressalta Barretto.

Conheça as vencedoras

Pequenos Negócios  Troféu Ouro - Viva Editora e Livraria – Maceió (AL) Troféu Prata - Cristiane Marcante Decoração – Caxias do Sul (RS) Troféu Bronze - Saber Centro de Educação Profissional – Concórdia (SC) Produtora Rural Troféu Ouro - Noilde Maria de Jesus – Brazlândia (DF) Troféu Prata - Marlene Aparecida Machado Cruz – Carambeí (PR) Troféu Bronze - Luena Maria Ferreira dos Santos – Coroa Vermelha (BA) MEI Troféu Ouro - Milena Curado de Barros – Goiás Velho (GO) Troféu Prata - Germana Andréa Queiroz Oliveira – Monteiro (PB) Troféu Bronze - Rita Fernandes Rosa Pacheco – Franca (SP)

Próxima edição

As inscrições para a edição de 2015 do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios iniciaram em 8 de março e seguem até o final de julho por meio do site:http://www.mulherdenegocios.sebrae.com.br/. Podem se candidatar empreendedoras com mais de um ano de atividade fiscal, idade acima de 18 anos e que não ultrapassem o faturamento anual de R$ 3,6 milhões. São três categorias: pequenos negócios, produtora rural e microempreendedora individual. O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios é realizado em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República e a Federação das Associações de Mulheres de Negócios Profissionais do Brasil (BPW), com apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), o que contribuiu para a criação de critérios de gestão que avaliam os negócios apresentados. Entre os benefícios pela participação na iniciativa, as empreendedoras recebem um diagnóstico da empresa, com base nos fundamentos do Modelo de Excelência da Gestão® (MEG), disseminado pela FNQ, permitindo um desenvolvimento do negócio.  
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou faça seu login!