Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Setores
Comércio varejista
Sistema de Inteligência Setorial
05 jul. 2017

Os erros mais comuns cometidos no negócio online

Entrar no mundo dos negócios é estar ciente da suscetibilidade aos riscos, aprendizados diversos, crescimento e, principalmente, aos erros. Existem erros cometidos repetidamente por pessoas que estão começando ou que já possuem um negócio online sólido. A lista abaixo corresponde às falhas mais comuns.
  • Ambição de conquistar o sucesso sozinho
Não é um problema ter uma ideia sozinho e querer colocá-la em prática, porém é preciso entender que ter um negócio online não depende de apenas uma boa administração, mas também entender de vendas onlines, conteúdos a serem implementados, desenvolvimento, entre outras atribuições. Reúna talentos para que o seu negócio cresça e funcione com a expertise de cada um. Não economize no processo seletivo. Certifique-se de juntar ao quadro, pessoas com habilidades fortes e de confiança.
  • Perdas de tempo
Organize o dia e as atividades. Gerencie seu tempo e concentre em gastá-lo com o que realmente importa. Muitas vezes a maior dificuldade de quem está começando um negócio não é a falta de dinheiro e sim a falta de tempo.
  • Verificar a relevância da empresa para o mercado
Existem atividades que, a partir de um hobby, tornam-se rentáveis e viram negócio. Outras podem ainda não serem vistas como uma oportunidade ou um problema a ser resolvido. Não descarte suas ideias e nem o que você realmente gosta de fazer. Trate-as como um Side Project e questione-se sobre os três tópicos abaixo para manter-se alinhado e equilibrado:
  1. O que sou apaixonado em fazer?
  2. O que faço melhor que todo mundo?
  3. O que as pessoas pagariam para eu fazer?
Não existe uma fórmula de sucesso, porém existem processos feitos por quem já chegou lá, direcionados a quem está começando.
  • Utilizar diversos canais sem direcionar objetivos para cada
Você pode ter uma página de conteúdo inserido no seu negócio online, mas verifique a necessidade disso. Muitas oportunidades surgem a partir de produções, ainda mais atualmente, onde vivemos num momento de influenciadores digitais. Se o seu produto final for o conteúdo que você produz, certifique-se de aliá-lo às estratégias que façam suas métricas serem notáveis. Lembre-se: não permaneça no óbvio. Pense sempre além. Isso vale para um posicionamento ou segmentação diferenciada.
  • Não ter uma rotina de trabalho
Disciplina é a chave para quem está começando. Diversas influências externas tornam-se vícios e influenciam diretamente na sua produtividade. Estabeleça regras e hábitos que logo se tornarão naturais. Gerencie-se e estipule metas visíveis e atingíveis. Dentro da rotina deve conter obrigatoriamente o horário de almoçar, beber água e descansar.
  • Focar apenas no processo e não no produto final
Antes de investir no negócio próprio, analise qual a entrega final e quais os resultados que você recebe a partir do produto sólido. Não priorize a fumaça ao invés do fogo. O Sistema de Inteligência Setorial do SEBRAE está sempre ligado em dicas e tendências de mercado. Baixe nossos estudos aqui e não cometa erros ao investir no seu negócio.
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse sua conta!