Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
11 mai. 2021

Planejamento estratégico: dicas para construir o seu

Nos dias atuais, é muito importante contar com a contribuição das micro e pequenas empresas do país. E isso se deve ao fato de que elas são capazes de gerar empregos, aumentar o volume de produção e também do recolhimento tributário. No entanto, elas sofrem constantemente com o grande problema de falência, sendo que esse quadro se agravou ainda mais com a pandemia do coronavírus. Mas a verdade é que, com um planejamento bem definido, uma micro ou pequena empresa pode sobreviver inclusive em tempos de crise. Quer entender melhor como desenvolver esse planejamento estratégico, de modo a garantir que seu negócio se mantenha ativo no mercado? Então continue a leitura!

Por que desenvolver um plano estratégico para meu negócio?

O planejamento estratégico é fundamental para que as micro e pequenas empresas consigam ter uma boa saúde, permanecendo ativas em um mercado extremamente competitivo. Segundo dados fornecidos pelo Sebrae, aproximadamente 600 mil empresas decretam falência a cada ano, o que corresponde a uma média de 10% dos negócios registrados no país. E como já mencionado, a pandemia trouxe ainda mais dificuldade, fazendo com que esse número crescesse. No entanto, uma boa parte das empresas que fecharam em 2020 não tiveram seu fim relacionado diretamente com a crise, mas sim com a falta de planejamento. E alguns motivos podem ser cruciais para que os gestores deixem de desenvolver seu plano, como:
  • recursos financeiros obtidos de maneira limitada;
  • maior preocupação e ocupação dos gestores com questões operacionais, acabando por deixar de lado, o necessário para o crescimento do negócio;
  • não conhecer as técnicas ou ferramentas necessárias para criar o plano estratégico.

Mas como mudar essa situação?

Se você é empreendedor, provavelmente já ouviu falar bastante sobre o planejamento estratégico. É por meio dele que você conseguirá as ferramentas necessárias para que seu negócio atinja o sucesso no nicho escolhido. Assim, nos próximos tópicos você confere um passo a passo para criar um documento eficiente e permitir que as ações, recursos e caminhos sejam bem direcionados.

Faça um diagnóstico

O primeiro passo para um planejamento estratégico de sucesso é obter todas as informações capazes de suprir tudo o que o documento precisa. Nesse momento será possível descobrir quais são os pontos fortes e fracos da empresa e como está o cenário do mercado atual. É muito importante ouvir, não somente seus funcionários, mas também os fornecedores, clientes e quaisquer outras pessoas envolvidas, de modo a conseguir o necessário para se obter destaque.

Missão, visão e valores da empresa

Nesse passo você mostrará a todos como sua empresa irá funcionar, deixando claro que tipo de serviço irá prestar ou quais produtos irá produzir. É nesta etapa do planejamento que se define também quais serão os objetivos e perspectivas de sua organização.

Estabeleça metas e use indicadores

Definir as metas da empresa também é fundamental e é neste terceiro passo que isso acontece, deixando o documento cada vez mais completo. Nesta etapa se consegue avaliar indicadores que poderão monitorar suas metas, se tratando de importantes ferramentas para o crescimento do negócio. Alguns dos indicadores que poderão ser utilizados são:
  • lucratividade: permite verificar se os resultados estão sendo satisfatórios e se a empresa precisa mudar sua forma de gastar para que o dinheiro sobre;
  • valor do ticket médio: esse possibilita verificar o desempenho do setor de vendas e promover ações capazes de melhorar o sistema em algum ponto ou então ter os resultados otimizados;
  • nível de serviço de entregas: este permite descobrir como anda seu processo de entrega dos produtos através do rastreamento dos meios de transporte, verificando ainda como está o cumprimento dos prazos por parte de seus fornecedores, que se responsabilizam por garantir os suprimentos necessários para o bom andamento de sua produção.

Projetos e processos

Neste ponto é preciso criar planos que tenham coerência com tudo o que já foi projetado anteriormente, caso contrário os esforços anteriores poderão ter sido empregados em vão. Ao definir os projetos e processos, você cria ações que viabilizem a conquista dos objetivos estratégicos traçados. Aqui será preciso definir de maneira detalhada quais ações serão executadas, as datas previstas para implementação e quais colaboradores ficarão responsáveis por cada uma delas. É importante também determinar qual a ordem de prioridade em que cada etapa do processo deverá ser cumprida.

Controle e gestão

O fato de colocar em prática as ações determinadas pelo planejamento estratégico não significa que ele já está concluído. E isso acontece, pois este processo é cíclico, ou seja, não acaba quando se atinge esta etapa. Assim, realizar reuniões periódicas para controlar e avaliar todo o processo e planejamento pode ser uma ótima alternativa para se redefinir o plano, caso seja necessário. Agora, com relação à frequência em que você deve projetar seu planejamento estratégico, saiba que não existe uma regra que define esse fator. É possível que o plano seja feito uma vez ao ano, a cada dois anos ou então a cada semestre. O que vai determinar esse período é o porte de seu negócio e os resultados que está obtendo com as estratégias utilizadas até o momento da análise.

Conheça nossos materiais

Se você gostou deste conteúdo e deseja saber mais sobre como desenvolver um planejamento estratégico, não deixe de conferir este ebook, criado por nós do Sebrae/SC para você! Nele, você conhecerá diversos outros dados sobre este conteúdo, de modo a permitir que sua empresa consiga ainda mais destaque no mercado.   Imagem: rawpixel.com
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou faça seu login!