Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Empreendedorismo
Gestão
25 abr. 2014

3 dicas para manter sua empresa no mercado

Para se manter no mercado o empreendedor precisa ter visão de futuro e habilidades para administrar seu negócio com sucesso. E para isso é preciso saber de tudo um pouco. Não precisa ser especialista em todos as áreas, mas é fundamental ter uma noção de gestão. Confira as dicas que o empreendedor Millor Machado, sócio-fundador da rede social Empreendemia, publicou no portal Exame. Vale a pena conferir!

Sem dúvidas, um dos maiores questionamentos que empreendedores iniciantes têm é: será que devo começar sozinho ou buscar sócios? Antes de me aprofundar no tema dos sócios, gostaria de deixar uma coisa clara: ninguém chega longe sozinho. Seja com sócios, mentores, fornecedores, parceiros ou pessoas que você contratará mais pra frente, uma hora ou outra você precisará se aliar a pessoas de confiança para conseguir levar seu negócio para um novo patamar. Em termos gerais, sem definir quantas pessoas farão isso, uma empresa precisará de três grandes habilidades para se manter: 1. Habilidade técnica Numa padaria, alguém precisa fazer o pão. No escritório de advocacia, alguém precisa advogar. E por aí vai. 2. Habilidade comercial Para garantir sua sobrevivência, a empresa precisará de alguém que consiga atrair clientes e convencê-los a comprar. 3. Habilidade gerencial Principalmente no Brasil, administrar uma empresa não é fácil. Gerenciar finanças, pagar impostos e outras tarefas administrativas precisarão ser feitas uma hora ou outra. No caso da habilidade gerencial, até existem empresas que apenas revendem os produtos, mas não produzem nada, como é o caso de boa parte das lojas. Por outro lado, o trabalho técnico não é eliminado, ele é apenas passado para um fornecedor. De qualquer forma, você vai precisar dessa habilidade na sua empresa. Digamos que você tenha plena capacidade de produzir seu produto/serviço. No próximo passo, você se sente confortável lidando com clientes? Principalmente no início, ter um dos donos lidando com essa tarefa é muito importante para entender o mercado em que você está lidando. Agora que você conseguiu produzir e vender, entra a maravilha do trabalho burocrático. Apesar do contador poder auxiliar muito, na área financeira e tributária, é essencial ter pelo menos uma noção básica do que está acontecendo. Principalmente para gerenciar o crescimento. Ter um assistente administrativo vai facilitar o processo, mas no mínimo um dos donos precisará de uma noção gerencial para acompanhar se está tudo de acordo com o planejado. Considerando a grande carga de trabalho necessária para dominar essas três habilidades, em geral eu recomendo ao empreendedor que busque sócios para compartilhar essas tarefas. Lógico que existem prestadores de serviço individuais que conseguem se manter e ter uma boa qualidade de vida, mas se você quiser crescer, é melhor ser dono de um pedaço de uma torta maior do que ser dono de uma pequena torta só pra você. 
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou faça seu login!