Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Artigo
29 fev. 2016

A Lei de Parkinson e seu auxílio na gestão do tempo

Gerenciar de forma adequada o tempo é uma das tarefas mais difíceis para os profissionais atuais. A corrida contra o tempo, os prazos apertados, a rotina agitada e a busca pela conciliação da vida pessoal com a profissional mostram a necessidade da gestão do tempo. Você já ouviu a afirmação: “O trabalho expande-se preenchendo o tempo alocado para sua realização”? Trata-se da Lei de Parkinson, que está relacionada à otimização do tempo destinado para a realização de determinada atividade. Quando delimitamos um prazo para sua execução, a possibilidade de o cumprirmos é grande.   Mas quais as vantagens de utilizar esta máxima para conseguir gerenciar o seu tempo? Otimização de recursos Quando são usadas menos horas para a execução de determinada atividade (não menos que o previsto, mas estritamente o previsto), são otimizados recursos da empresa/projeto. Organização da agenda O bom gerenciamento do tempo possibilita não somente a organização das suas atividades corporativas, como também, em todos os âmbitos da sua vida. Projetar seus prazos auxilia no cumprimento de outros compromissos e fomenta a disciplina em seu planejamento. Criação do sentido de urgência Com a necessidade de conclusão imediata das atividades, são reduzidas as distrações. Priorização das atividades Para cumprir as atividades no prazo, é necessário priorizá-las. E por que não escolher qual é a de sua preferência? Se o seu deadline for curto e o trabalho não está rendendo, busque desenvolver a atividade que mais te desafia e te inspira – entre as que você precisa executar. A Lei de Parkinson pode ser encarada como uma aliada para a rotina de trabalho e, também, para gerenciar seu tempo fora dele. O aumento da sua produtividade depende apenas de você. Trace seu objetivo, estime o tempo necessário e cumpra o prazo estipulado. Sua agenda e seu bolso agradecem!
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou faça seu login!