Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Setores
Apicultura
Comércio varejista
Turismo
Calçados femininos
Leite e derivados
Sustentabilidade
Confecções e acessórios
Sistema de Inteligência Setorial
Vestuário
Móveis e decoração
10 jan. 2018

Como empreender na Era 4.0?

Um levantamento feito pelo Serasa Experian mostrou que o ano de 2017 possuiu o maior número de abertura de microempresas desde 2010. De 1,1 milhão de empresas abertas, 902 mil delas são de microempreendedores individuais. Esses dados demonstram um aumento do reestabelecimento da confiança em investir no próprio negócio no país. Porém, apesar do aumento de registros de MEIs, os empreendedores enfrentam uma série de burocracias. É preciso coragem e determinação para acreditar no próprio trabalho e enfrentar todos os desafios Como investir na Era 4.0? Além dos processos jurídicos que costumam desanimar muitos empreendedores que estão começando, é necessário estar disposto para aprender. Estamos vivendo a Era da indústria 4.0, se fazendo necessário atualização de conhecimentos constante. Com a chegada das novas tecnologias e máquinas inteligentes que ajudam a melhorar a produtividade e otimizar processos, as grandes empresas estão aprendendo com as startups. Por serem um modelo de negócio mais enxuto, as startups solucionam problemas, melhoram processos e trazem mais facilidades utilizando a tecnologia sempre a favor. Um exemplo de sistema de uma startup implementada em uma indústria, é a interligação de todas as informações, que são analisadas e notificam os responsáveis quando há uma falha na produção em tempo real. Quanto mais rápido o problema for identificado e corrigido, menos perdas a produção sofrerá. Porém, ainda hoje, apenas 20% das empresas estão aptas para implementarem mudanças. Uma das soluções é a contratação de startups que farão esse processo de modernização da produção e do trabalho. Através do modelo rápido, enxuto e tecnológico das startups, os novos empresários que estão se inserindo agora no mercado, devem se inspirar. Pesquisas, atualização e analises do seu setor é fundamental. Aproveite os estudos gratuitos oferecidos pelo SIS/SEBRAE e comece o seu negócio fazendo o que é certo e do jeito certo! Fonte: Pequenas Empresas Grandes Negócios
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou faça seu login!