Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Setores
Leite e derivados
Sistema de Inteligência Setorial
29 jun. 2017

A higienização como maior aliada na qualidade do leite

A qualidade da produção de leite está diretamente ligada à higienização do seu processo, por isso, há uma série de cuidados em relação à limpeza do rebanho, do equipamento, do local de coleta e do armazenamento do leite cru, que pode impactar no produto final. Produtores de leite que trabalham em cooperativas costumam compartilhar o uso de tanques refrigerados, sendo necessário um padrão de coleta e armazenamento, como forma de garantir qualidade. Conheça aqui boas práticas de higienização deste processo e garanta uma alta qualidade do seu produto! Qual o propósito da higienização? O processo tem como principal objetivo remover os resíduos orgânicos e minerais provenientes do leite, que permitem a rápida proliferação de bactérias. Quando fazer? O ideal é fazer a assepsia logo após a utilização do equipamento. Como fazer corretamente? Através do uso de água quente e banhos com substâncias alcalinas e ácidas. A higienização envolve:
  • Controle de zoonoses dos animais.
  • Cuidados higiênico-sanitários durante a ordenha, o transporte e o armazenamento.
  • Higienização da sala e equipamentos de ordenha.
  • Higienização dos tanques de refrigeração.
  • Cuidados com a qualidade da água de higienização.
Higienização do equipamento de ordenha A higienização das tubulações por onde corre o leite da ordenha até o armazenamento é feita através da circulação interna de detergentes e soluções de enxague, conhecida como sistema CIP (Clean in Place). As soluções de limpeza e enxague circulam do tanque de limpeza até todas as partes que entram em contato com o leite serem retiradas, como lactose, gordura, proteínas e minerais. Higienização do tanque de refrigeração Imediatamente após a coleta do leite deve ser feita a limpeza do resfriador e do tanque de refrigeração, para que não ocorra o depósito de resíduos e a proliferação de bactérias. Higienização da sala de ordenha A sala de ordenha deve ser um local de fácil limpeza, com boa drenagem e bem iluminado. A higiene do ordenhador também é importante e deve-se usar roupas limpas, lavar bem as mãos e utilizar luvas, lavar bem as mãos antes e depois da ordenha. Recomenda-se ainda o uso de luvas de borracha. Luvas de borrachas não são obrigatórias, mas oferecem melhor nível de higienização. Não esqueça! A água é de fundamental importância para a produção do leite tanto como nutriente básico para a vaca leiteira quanto para a limpeza do animal, das instalações e dos equipamentos. Por isso, a água deve receber uma atenção redobrada quanto às suas características fisioquímicas e ao processo de utilização, para que não promova a contaminação microbiológica do produto. Potabilidade, dureza da água e precipitação de carbonatos são alguns fatores a serem considerados na hora da limpeza. Quer saber mais detalhes sobre todos os passos do processo de higienização da produção do leite? Baixe o Relatório de Inteligência do SIS Sebrae agora! Se você ainda não conhece o sistema, faça seu cadastro e receba todas as informações necessárias para sua empresa!
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse sua conta!