Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Empreendedorismo
16 mai. 2022

Saiba como montar um salão de manicure e pedicure

Segundo dados do Ranking Mundial de Consumo de HPPC da Abihpec/Euromonitor, o Brasil é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão. E, mesmo com a pandemia, a categoria conseguiu fechar 2020 com um crescimento de 5,8% no Brasil, conforme informação da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec).

Além de todos esses dados positivos, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) identificou o setor de cabeleireiro, manicure e pedicure como uma das 10 atividades econômicas que mais atraíram a atenção dos empreendedores brasileiros em 2021. A área de atuação ocupa o terceiro lugar da lista, com 36,5 mil novos CNPJs registrados.

Estima-se que o mercado das unhas movimentou cerca de US$ 5,9 milhões no mundo em 2019, com previsão de aumento de 17% até 2023 (Euromonitor). Quanto aos produtos que tiveram mais lucros no último ano, lixas e esmaltes representam 82% do mercado, com lucro de R$ 2.075 milhões no Brasil.

Todo esse potencial e crescimento, mostram uma ótima oportunidade para quem deseja empreender na área em 2022. Continue lendo este artigo e fique por dentro de mais informações

Serviços e produtos de esmalterias ganham espaço em Santa Catarina

Em Santa Catarina, a região do Vale do Itajaí se destaca com o maior número de estabelecimentos relacionados ao segmento de manicure e pedicure.

O percentual de pequenos negócios do setor no estado é de 77% de empresas na área de fabricação de preparados para manicure e pedicure e 100% em atividades de podologia, manicure e pedicure. A região do Vale do Itajaí se destaca, abrigando 25% destes empreendimentos, seguida da Grande Florianópolis, com 21%, e Oeste, com 20%. Confira o relatório completo clicando aqui!

O que é uma esmalteria ou salão de manicure e pedicure?

Esmalteria é o nome dado ao local especializado em cuidados com as unhas, que ofereça serviços de manicure e pedicure, aplicação de esmaltes e produtos especiais.

Para ficar mais fácil a explicação, basta pensar que os salões de beleza oferecem diversos serviços no mesmo espaço, já as esmalterias, ou salões de manicure e pedicure, são uma alternativa de concentrar o trabalho em apenas um nicho do mercado de beleza. Neste caso, o negócio consegue trazer inovações e aprimoramento aos cuidados e embelezamento com as unhas.

Confira 5 dicas para montar um salão de manicure e pedicure

1. Invista em um ambiente confortável

Você não precisa de um grande espaço para iniciar o negócio. É importante pensar em um ambiente que tenha o tamanho suficiente para trazer conforto ideal aos seus clientes e que tenha infraestrutura básica. O salão precisa ter espaço para os móveis e equipamentos, ter um banheiro e uma área reservada para limpeza e esterilização de alguns equipamentos. Pense na disposição das mobílias para não deixar tudo amontoado e fornecer uma circulação confortável aos clientes.

Para escolher o local, leve em consideração os pontos estratégicos da cidade que você mora e do público que deseja atingir. A localização de qualquer negócio é ponto fundamental! Considere o preço do aluguel e quais vantagens aquela sala trará para o seu negócio.

Uma das formas de economizar é montar seu salão na sua própria casa. Você precisa considerar, é claro, quais serão os custos de construção, caso sua residência não possua um cômodo à parte que possa ser utilizado. No entanto, geralmente vale a pena, já que mesmo em uma sala alugada, haverá custos com a customização do ambiente.

Lembre-se de montar seu salão com carinho e muito planejamento. O investimento no seu empreendimento agregará valor ao seu negócio. É importante também manter sempre o ambiente muito bem limpo e organizado.

2. Faça o planejamento do seu negócio

Através do planejamento são definidas as metas e estratégias voltadas à realidade e objetivos do seu negócio. É somente com um bom plano que sua empresa poderá crescer no mercado.

Entre as dicas para realizá-lo estão: saber o que você deseja atingir através de objetivos claros e possíveis de realizar; ter domínio sobre os serviços do salão, ou, caso não tenha, planejar a contratação de profissional da área; identificar o propósito do seu empreendimento e quais serão os diferenciais; estudar a concorrência; e traçar um plano de ação.

3. Defina o seu público-alvo

Os salões de manicure e pedicure podem atender ambos os sexos e esta pode ser uma oportunidade de aumentar o leque de serviços e a abrangência de clientes atendidos. Definir o público-alvo é essencial para definir quais serão esses serviços e quais os produtos oferecidos.

Uma esmalteria pode oferecer serviços de manicure e pedicure tradicionais (remover cutícula, lixar e esmaltar), ou serviços diferenciados como unhas decoradas, unhas de gel, unhas de fibra de vidro, entre outros.

4. Conte com bons fornecedores

Assim como existe uma grande variedade de marcas de esmaltes e produtos, há uma grande quantidade de fornecedores. Avalie qualidade, agilidade de entrega, flexibilidade de negociações e preço justo antes de contratar um fornecedor.

Isso deve ser levado em consideração também na compra de equipamentos, móveis e materiais.

5. Lembre-se da presença digital

Além do espaço físico confortável e do serviço de qualidade oferecido, é importante investir na presença digital do seu salão. As redes sociais têm sido um dos melhores canais de vendas para as micro e pequenas empresas no marketing digital. Canais como WhatsApp, Instagram e Facebook são as redes mais usadas pelos consumidores.

Crie fotos e imagens atraentes dos serviços prestados, divulgue sua localização, seu ambiente e invista nesta área do marketing.

E, para finalizar, mas leve como informação essencial, é fundamental legalizar seu negócio, seja trabalhando na sua própria casa ou em outra sala comercial! Antes de abrir as portas da sua empresa, procure a legalização. Entre em contato com o seu município para saber quais são as exigências e adapte o seu negócio para cumpri-las.

Registre seu CNPJ e veja qual porte de empresa se encaixa à sua necessidade. O importante é cumprir toda essa parte burocrática para conseguir a emissão de notas fiscais, crédito para investir no seu próprio negócio e mais segurança a você e seus clientes.

Acesse o Portal do Sebrae/SC e confira todas as soluções que ele pode oferecer ao seu negócio!

Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse sua conta!