Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Empreendedorismo
21 fev. 2022

Quais as tendências para abertura de negócios em 2022

De acordo com a pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), realizada com apoio do Sebrae e em parceria com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ), a taxa de empreendedorismo potencial no Brasil teve um crescimento de 75% em 2020, totalizando 50 milhões de brasileiros que ainda não empreendem, mas que querem abrir um negócio próprio.

A pandemia da Covid-19 marcou o mundo de muitas maneiras e analisando o mercado de forma geral, essa crise foi um desafio para algumas empresas e um campo de oportunidades para outras. Fato é que ela mudou definitivamente a maneira como o cliente se relaciona com as marcas, e até mesmo suas necessidades, oferecendo-lhe novas perspectivas de consumo.

O consumidor não é mais o mesmo. Ele também está mais tecnológico e conhece os benefícios da inovação. Seu bem-estar virou prioridade e os pequenos prazeres da vida tornaram-se essenciais para trazer mais cor e conforto aos dias cinzentos da pandemia.

Continue lendo este artigo e conheça 6 megatendências de negócios para 2022!

1. Vendas online

As vendas do comércio eletrônico superaram as dos shoppings centers no Brasil. Segundo um estudo da gestora Canuma Capital, as vendas online atingiram R$ 260 bilhões em 2021. As pequenas e médias empresas faturaram mais de R$ 2,3 bilhões com as vendas online, totalizando um aumento de 77%.

A internet se consolidou na venda de produtos e serviços e continuará sendo tendência em 2022. Construir uma boa presença digital pode ajudar a sua empresa a vender mais. Isso vale tanto para loja física, quanto para e-commerce, já que as pessoas adentraram de vez na modalidade virtual como meio de se relacionarem, estudarem, e fazerem negócios. Como consequência, o marketing digital também se expandiu, se aprimorou e se transformou em uma estratégia de negócios que vai muito além do uso das redes sociais.

2. Uso de aplicativos

O uso de aplicativos já é bastante comum na vida das pessoas e vender por aplicativo pode ser uma grande oportunidade para faturar mais no seu negócio.

Hoje praticamente todos os tipos de empresas podem vender por aplicativo e no segmento alimentício, principalmente em restaurantes e lanchonetes, os aplicativos delivery têm tornado muito mais próximo o contato com o cliente e facilitado as possibilidades de vendas.

3. Sustentabilidade e propósito

Os consumidores estão cada vez mais atentos ao que consomem. A sustentabilidade foi um dos aspectos que ganhou atenção durante a pandemia, fazendo com que as pessoas refletissem sobre as verdadeiras necessidades de consumo. Tanto que a procura por produtos sustentáveis aumentou 71% de 2016 a 2020.

Neste quesito, há diversas possibilidades no mundo do empreendedorismo que podem acompanhar essa tendência de negócio. Utilizar embalagens sustentáveis para a entrega do produto, é uma das ações que podem ser tomadas na sua empresa. Caso queira montar um negócio e oferecer um produto novo, criar embalagens sustentáveis também pode ser uma boa oportunidade.

Outra opção de negócio, é oferecer soluções de beleza e estética que reduzam o uso de insumos químicos e nocivos à saúde. Os cosméticos sólidos estão ganhando bastante espaço no mercado por contemplar essas duas demandas. Saiba mais clicando aqui!

Produtos carbono-neutro, cuja produção tem as emissões de gases mapeadas e reduzidas de forma significativa, também podem ser uma grande oportunidade de investimento.

4. Hibridização

A pandemia acelerou a transformação digital como nunca se imaginou e a hibridização entre o on-line e o presencial será sentida em todos os segmentos de negócios.

Além disso, com maior flexibilização do horário e ambiente de trabalho, a tendência é que muitas empresas ofereçam a opção de trabalho em home office, tornando possível o trabalho de qualquer lugar, inclusive com profissionais alocados em diferentes países. Isso abre um leque de oportunidades para que microempreendedores individuais abram seus negócios e terceirizem seus serviços.

5. Tecnologias

Os clientes habituaram-se à inovação e buscam novidades tecnológicas. As lojas on-line tornaram-se, muitas vezes, a única alternativa ao varejo físico, o atendimento foi acelerado pelo uso de recursos, como chatbots, pagamentos foram facilitados e outras soluções, que antes causavam receio no consumidor, hoje entraram de vez em sua preferência.

Com os avanços tecnológicos, algumas tendências passaram a fazer parte do cenário mundial de inovação, como a criação e o uso de softwares em nuvem tanto para gestão, quanto para o gerenciamento de equipes e atendimento ao público. Inteligência artificial, pagamentos digitais, Chatbot, atendimento via WhatsApp, Metaverso e NFT, também estão entre essas tendências.

6. Bem-estar

Os consumidores estão mais atentos à sua saúde e ao seu prazer. Com o crescimento da preocupação em relação à saúde física e mental, a tendência é que o mercado cresça e seja percebido pelos consumidores como algo que vai além dos exercícios físicos, com soluções que passam pela saúde médica, estética, nutrição, qualidade do sono e pela saúde psicológica.

Abrir negócios que promovam mais prazer aos usuários, como sex shops, pode ser uma boa alternativa para 2022. Oferecer produtos fitness para consumo também é uma oportunidade de negócio. Academias, lojas de equipamentos de ginástica, clínicas de estética, lojas de calçados, vestuário e acessórios, profissionais autônomos da saúde, farmácias de manipulação, podem se beneficiar com a grande procura pelo segmento de aperfeiçoamento pessoal.

Explorando ainda mais essas áreas, o Observatório de Negócios do Sebrae/SC criou um caderno de tendências que deverão guiar o empreendedor ao longo dos próximos anos. Para tanto, monitorou o mercado, as fontes de notícias e as instituições de pesquisa ao longo de 2021 para compreender o que mais impactou a forma de se fazer negócio e o novo comportamento do consumidor pós-pandemia. Acesse o conteúdo completo clicando aqui!

Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse sua conta!