Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Setores
Alimentos e bebidas
Empreendedorismo
26 jan. 2022

Retomada de bares e restaurantes: expectativa do setor com avanço da vacinação contra a Covid-19

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19, houve aumento da confiança dos empresários do setor de bares e restaurantes. De acordo com um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas e o Sebrae, houve avanço de 5,3 pontos, chegando a 92,2 pontos em junho de 2021.

Até a próxima temporada de verão, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) de Santa Catarina, estima que o fluxo de consumidores praticamente volte ao normal em função da vacinação. No entanto, a recuperação do setor pode ser lenta, por conta do impacto da pandemia, ou do nível de endividamento necessário para superar esse período.

Retomada de bares e restaurantes

Mesmo que o índice de confiança seja positivo, a Abrasel estima que 73% dos estabelecimentos estejam com alto nível de endividamento, o que pode fazer com que o setor leve de dois a cinco anos para recuperar a saúde financeira que tinha antes da pandemia.

De acordo com o presidente da Abrasel Santa Catarina, Raphael Dabdab, a pandemia teve impactos diferentes nos bares e restaurantes, a depender do segmento em que atuam. Fatores como a faixa etária dos consumidores e horário de funcionamento, foram determinantes para o desempenho desde o começo da pandemia, além de haver diferenças regionais.

5 dicas para superar as dificuldades no setor de bares e restaurantes

Pensando nisso, separamos 5 dicas que podem ajudar seu negócio a superar os desafios e se posicionar novamente no mercado. Confira:

1. Ofereça serviços por delivery

Os aplicativos delivery tem tornado muito mais próximo o contato com o cliente e facilitado as possibilidades de vendas. Essa ferramenta oferece diversos benefícios para o cliente, mas também é muito vantajosa para as empresas. Muitos negócios sobreviveram e cresceram durante a pandemia, apoiados principalmente no delivery. Antes de 2020 eram 49% dos negócios, número que cresceu para 81% depois das medidas restritivas, segundo pesquisa do Instituto Locomotiva, encomendada pela VR Benefícios. Essa conexão entre negócio e cliente, tem sido um grande passo na transformação digital das empresas e no faturamento.

2. Analise o comportamento do consumidor

Ficar de olho no seu público-alvo e nos novos hábitos de consumo dele, podem ajudar a traçar estratégias para manter a sua carteira de clientes e prospectar novos.

3. Invista na presença digital

Além de estar ativo no e-commerce e em aplicativos de delivery, a gestão da presença digital também é fundamental. Estar presente em plataformas de review, como o Tripadvisor, é fundamental para estar mais visível ao público, inclusive aos turistas, que devem voltar ao mercado catarinense na próxima temporada.

4. Leve à risca a gestão financeira

É preciso atenção redobrada à gestão financeira, que segue sendo um ponto crítico no processo de travessia da pandemia. Saneamento financeiro e fluxo de caixa em dia são essenciais para o pagamento do atual endividamento das empresas.

5. Adote a análise de dados

Levar em consideração a análise de dados gerados pelos sistemas de gestão e entrega, como a localização dos pedidos, ticket médio e quais pratos têm mais saída, pode lhe auxiliar no controle de estoque, na composição dos cardápios e no desenvolvimento de estratégias de venda, promoções, planos de fidelização ou descontos.

No podcast “Fala, Especialista” produzido pela equipe do Observatório de Negócios do Sebrae/SC, o Presidente da Abrasel-SC fala sobre a retomada de bares e restaurantes, apresenta informações estratégicas, assuntos relevantes e tendências de mercado aos pequenos empreendedores. Acesse o conteúdo gratuitamente clicando neste link!

Aproveite e confira as demais soluções do Sebrae/SC e os estudos disponíveis no Observatório.

Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse sua conta!