Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Empreendedorismo
25 mar. 2015

Exporta SC: empresas catarinenses se preparam para montar negócio nos EUA

O Exporta SC está a todo vapor. Os onze empresários selecionados do setor de moda farão a primeira viagem aos Estados Unidos no dia 28 de março. No total, 50 empresas fazem parte do projeto que tem a missão de ampliar fronteiras comerciais para micro e pequenas empresas catarinenses. “Nessa primeira missão internacional os empresários irão participar de cursos sobre vendas. Depois disso, ainda no primeiro semestre, serão realizadas as consultorias para as empresas e elas participarão de capacitações à distância sobre o mercado americano e exportação. A previsão é de que, até o fim de agosto as 50 empresas que foram selecionadas estejam com a filial nos Estados Unidos”, explica o analista técnico do Sebrae/SC e gestor do projeto, Douglas Luiz Três. Uma das empresas selecionadas é a Eco Blue Confecções Ltda, de Blumenau. Empresa familiar com 16 anos de história, a Eco Blue produz camisetas e camisas para diversas marcas do Brasil e agora busca mercado também no exterior. “Estamos ansiosos com essa oportunidade e um pouco apreensivos em relação à prospecção de clientes, levando em conta que temos uma forte concorrente asiática. Porém, temos consciência de que o nosso produto vai competir, não pelo preço, mas pelo alto valor agregado e qualidade”, comenta o sócio proprietário da empresa, Rolf Buttendorf.

Além das empresas de moda, fecham o grupo de selecionadas para o Exporta SC outras 8 de software, 11 do setor metal mecânico, 12 de alimentos, 4 de tecnologia, 2 de móveis e decoração, 1 de cosméticos e 2 de revestimentos. Todas as regiões do Estado possuem pelo menos uma representante entre as selecionadas.

O setor de moda

Santa Catarina é referência do setor de moda e confecções. Em 2013, o Estado registrou o número de 11 mil empreendimentos e cerca de 163 mil postos de trabalho no estado, chegando a 301 mil se considerar todos os elos da cadeia produtiva. O número representa 18% da cadeia brasileira. De acordo com a Coordenadora da carteira de moda do Sebrae/SC, Cristina Rosa, esses números provam o potencial que o Estado possui para exportação. “Santa Catarina chega a fabricar 34% da produção nacional de tecidos de malha e 21% de artigos têxteis para o lar. Os nossos produtos possuem alto valor agregado e o Programa Exporta SC irá ser fundamental para abrirmos prospecção e abertura do mercado no exterior. Além disso, no processo de internacionalização a empresa é inserida em uma nova realidade, havendo a necessidade de investimento em tecnologia, inovação, design e de estar atenta ao comportamento de consumo no mercado externo”, comenta Cristina.    
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse uma conta!