Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Agronegócio
    Relatório de Inteligência
  • Agronegócio
  • 04 de mai. 12

Importação de leite

Hoje em dia é mais barato importar leite do que comprar do mercado brasileiro, situação que vem ameaçando o preço pago ao produtor

Entre as causas do alto preço interno estão a alta carga tributária e o câmbio, o que tira a competitividade em relação ao leite argentino e uruguaio, países que inclusive já aplicaram subsídios a seus produtores para continuar exportando seus excedentes.

Segundo a Embrapa Gado de Leite a Argentina foi o país que mais aumentou a captação de leite em janeiro e fevereiro de 2012, em relação ao ano anterior, com 13,03%, enquanto o Brasil, nesse mesmo período, registrou queda de 0,82%.

É imprescindível que o produtor rural e as empresas do setor estejam atentos e possam prever cenários ou mesmo verificar a maior ou menor oferta de leite nos meses do ano. Focar também no mercado externo é preciso, porém, somente com custos baixos e alta qualidade é que será possível fornecer leite para o mundo e competir com exportadores consolidados, como a Nova Zelândia.

As importações de leite em 2012 deverão se manter em patamares um pouco superiores aos do ano passado, principalmente porque não estão previstas grandes mudanças no câmbio no curto prazo.
Investir cada vez mais em infraestrutura e qualificação da mão de obra pode garantir um futuro promissor ao setor de leite.

Para obter mais informações acesse o relatório na íntegra!

Você precisa acessar sua conta para aproveitar as soluções do Sebrae! Cadastre-se ou acesse uma conta!

Outros produtos relevantes

+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse uma conta!