Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Agronegócio
    Relatório de Inteligência
  • Agronegócio
  • 29 de abr. 13

Própolis: alternativa para diversificar a produção apícola

A própolis brasileira se destaca mundialmente pela sua elevada atividade biológica terapêutica e preventiva, e o mercado vem demonstrando crescimento constante

A produção de própolis é uma alternativa viável para os apicultores como subproduto das colmeias. Sua utilização na colmeia está relacionada à proteção, visto que as abelhas a utilizam como higienizador sobre as paredes internas do ninho, além de isolar animais invasores mortos, as quais têm dificuldade em retirar da colmeia. Outra função é a regulação térmica do interior da colmeia, realizada pela redução, e por muitas vezes, vedação por completo de aberturas da colmeia (NICODEMO et al., 2012).

O Brasil, que além de possuir uma flora apícola abundante e muito diversificada, agora também caminha para a obtenção de subprodutos apícolas e sua inserção no exigente mercado consumidor nacional e internacional, como própolis e pólen.

A utilização da própolis está ligada principalmente a suas propriedades terapêuticas em humanos e animais, vinculadas às propriedades farmacológicas, sendo estudada e comprovada por diversas instituições de pesquisa ao redor do mundo (PORTILHO et al., 2013).

O principal importador de própolis do Brasil é o Japão que chega a pagar US$ 150 por um frasco de extrato alcoólico contendo 30g de própolis. Diante do consumo crescente, aliada à alta qualidade da própolis brasileira, sua produção deve ser encarada como importante possibilidade de alternativa de renda para o apicultor.

Esse relatório apresenta ao empresário da cadeia apícola as técnicas de produção, classificação, coleta e uma análise desse mercado em âmbito internacional e nacional, com foco na comercialização de própolis.

Você precisa acessar sua conta para aproveitar as soluções do Sebrae! Cadastre-se ou acesse uma conta!

Outros produtos relevantes

+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse uma conta!