Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Comércio
    Alerta
  • Comércio
  • 10 de mai. 22

Mercadinhos de bairro crescem durante a pandemia

Estudo do Sebrae aponta os principais motivos de abertura de novos mercadinhos de bairro. MEIs são maioria dos 400 mil estabelecimentos registrados em todo o país.

Nos últimos dois anos, os tradicionais mercadinhos de bairro ganharam mais importância na vida dos brasileiros e um maior espaço na economia. De acordo com levantamento do Sebrae, o comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios – minimercados, mercearias e armazéns – registrou crescimento de 13,6% entre 2020 e 2021.

Ao avaliar essas novas empresas abertas, o destaque ficou para os Microempreendedores Individuais (MEI), cuja quantidade de novos empreendimentos formalizados do segmento saltou de 38,1 mil em 2018 para 56,4 mil em 2021.


Não deixe de conferir a notícia completa!

Você precisa acessar sua conta para aproveitar as soluções do Sebrae! Cadastre-se ou acesse sua conta!


Gostou? Acesse agora o conteúdo completo!

Acessar Alerta!

Outros produtos relevantes

+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse sua conta!