Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Comércio
    Fala, Especialista!
  • Comércio
  • 26 de mai. 20

Especialista orienta empresários do segmento de estética sobre enfrentamento da crise

Confira dicas sobre como sua empresa pode se recuperar diante do cenário de incertezas imposto pelo novo coronavírus

O mercado de beleza foi impactado de forma direta pela crise do novo coronavírus. Com o fechamento de clínicas de estética e salões de beleza de meados de março ao início de abril, o setor viu seu desempenho cair. Nesse cenário, a reabertura de clínicas de estética e salões de beleza em Santa Catarina, desde o dia 6 de abril, foi uma boa notícia para os empresários. Ainda assim, é preciso recuperar as perdas provenientes do tempo de paralisação e da atual redução no número de clientes, considerando que muitos ainda estão em isolamento social.

Patrícia Gesser da Costa, administradora e consultora especializada no mercado de beleza, lembra que o setor vivia um momento de crescimento antes da pandemia e que, historicamente, é uma área menos suscetível às crises econômicas. O novo coronavírus, entretanto, afetou até mesmo o chamado “efeito batom”, que consiste na manutenção das compras de itens de beleza durante crises, como esmaltes e batons, como forma de compensar a impossibilidade de consumir produtos mais caros.

A especialista conversou com o Sebrae para ajudar a explicar a situação do setor de beleza neste momento de crise.

Confira neste Fala, Especialista!

O que fazer para passar por esse cenário

O papel da tecnologia para o setor de beleza

Dicas para quem já atua no mercado e para novos empreendedores

Você precisa acessar sua conta para aproveitar as soluções do Sebrae! Cadastre-se ou acesse uma conta!


Gostou? Acesse agora o conteúdo completo!

Acessar Fala, Especialista!

Gostou? Acesse agora o conteúdo completo e ouça também o podcast com a entrevista.

Acessar Fala, Especialista!

Outros produtos relevantes

+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse uma conta!