Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Comércio
    Pesquisa em Redes Sociais
  • Comércio
  • 21 de set. 21

Análise sobre o endividamento do consumidor

Pesquisa realizada nas redes sociais busca compreender o que os consumidores falam sobre endividamento e entender seu comportamento ao realizar compras.

Em 2021, os brasileiros atingiram um recorde histórico de endividamento: em agosto, 72,9% dos consumidores possuíam alguma dívida – em torno de 11,89 milhões de famílias –, e a tendência é que esse número cresça ainda mais, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). 

O endividamento dos consumidores é um importante aspecto para se ter em conta, afinal, é um ponto definidor para novos gastos, para a qualidade desse gasto (em relação a com que tipo de produtos ele pode gastar, preço, quantidade, período de tempo etc.), para a estratégia de atingimento desse consumidor e para o cálculo de risco/benefício que ele representa para o vendedor.

Pensando nisso, o Observatório de Negócios do Sebrae/SC buscou analisar as publicações que os usuários das redes sociais realizam a respeito do assunto. Confira algumas das nossas descobertas:

  • Os usuários se dividem em quatro perfis: gastador, controlado, arrependido e sem dinheiro
  • O setor de alimentos e bebidas foi o mais citado entre os usuários
  • Nem sempre a inadimplência é uma questão de falta de condições para pagar

Os demais resultados, assim como os insights que são possíveis tirar a partir da análise, você confere neste material:

  Perfil de quem publica sobre o assunto

  Temas identificados nas publicações

 Comportamentos e tendências observados


Confira abaixo um resumo da pesquisa com os principais resultados. E não deixe de acessar a pesquisa completa clicando no botão "Baixar".

Você precisa estar logado para visualizar este conteúdo Cadastre-se ou faça seu login!

Outros produtos relevantes

Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou faça seu login!