Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Comércio
    Relatório de Inteligência
  • Comércio
  • 21 de fev. 13

Expansão do setor náutico e as oportunidades para os pequenos negócios moveleiros

Santa Catarina tornou-se em 2012 o segundo maior produtor do Brasil de barcos de lazer, com 22% dos estaleiros de todo o país

O mercado náutico no Brasil está crescendo de forma vertente. Segundo o estudo Indústria Náutica Brasileira, a frota brasileira de embarcações de esporte e recreio acima de 16 pés compreende um conjunto de aproximadamente 70 mil embarcações, entre lanchas e veleiros, em todo o país (ARCOBAR; SANTANDER; SEBRAE, 2012).

Somente em 2011, o segmento faturou R$ 1 bilhão e em 2012, até novembro, os números indicavam movimentação de cerca de US$ 800 milhões (EXPONÁUTICA..., 2012). O setor abre uma nova oportunidade de negócios para as empresas moveleiras de Santa Catarina. O estado é o segundo maior produtor de barcos do Brasil.

O governo do Estado tem incentivado a participação dos pequenos negócios nesse setor. O Polo Náutico do Litoral Catarinense é considerado estratégico pelo Programa Nova Economia@SC (PROGRAMA..., 2013), desenvolvido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável.

As ações previstas ao longo da execução do programa voltadas ao Polo Náutico do Litoral Catarinense têm como objetivo ganhos de qualidade, produtividade e a inserção das empresas em novos mercados. Com o apoio e auxílio da Associação Catarinense de Marinas, Garagens Náuticas e afins (Acatmar) pequenos negócios de diversos segmentos que integram a cadeia produtiva do setor poderão participar de duas ações do projeto até 2014 (PROGRAMA..., 2013).

Para quem ainda não vislumbrou a possibilidade de novos negócios, o analista técnico do Sebrae/SC, em Lages, Denilson Coelho, conta que região de Lajes, onde localiza-se o Polo Setorial Moveleiro do Planalto, 15 empreendimentos serão beneficiados pelo programa e ainda é possível participar da iniciativa.

Esse é o momento dos empresários moveleiros investirem em ações que possam contemplar esse setor, que anualmente gera muita renda e empregos. Buscar orientações no Sebrae, por meio de seus agentes, visitar feiras ligadas, pesquisar e prospectar potenciais clientes pode se tornar uma excelente estratégia de novos e bons negócios para 2013.

Confira o relatório na íntegra!

Você precisa acessar sua conta para aproveitar as soluções do Sebrae! Cadastre-se ou acesse uma conta!

Outros produtos relevantes

+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse uma conta!