Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Agronegócio
    Relatório de Inteligência
  • Agronegócio
  • 28 de mar. 13

Mão de obra na atividade leiteira

Não há cadeia do setor de leite sem o trabalhador. O segredo é valorizar o trabalho do funcionário

A mão de obra qualificada no setor de leite está cada vez mais em falta. Para os empresários, a mensagem é de valorização dos colaboradores que atuam na produção e a busca incessante pela eficiência na produção.

Dados apresentados, nesse relatório, da Nova Zelândia mostra que o país é cinco vezes mais eficiente no uso da mão de obra em produtividade se comparada com o Brasil e boa parte dos trabalhos realizados na produção de leite é terceirizada.

A ideia é ter eficiência e produtividade e não apenas mão de obra barata. Estudo apresentado realizado por Carvalho, M. (2011) mostra que propriedades com rentabilidade positiva, o custo da mão de obra chega a R$ 0,08 por litro de leite, já em propriedades negativas, o custo médio foi de R$ 0,15 por litro. Nesse caso, se consegue boa produtividade, mesmo com custos reduzidos.

O investimento em capacitação é necessário, além da mecanização e em sistemas produtivos adequados à realidade de sua propriedade, pois, só assim será competitivo internacionalmente e poderá comercializar o produto mundialmente.

Confira ao longo do relatório mais informações sobre a situação da mão de obra no setor de leite.

Você precisa acessar sua conta para aproveitar as soluções do Sebrae! Cadastre-se ou acesse sua conta!


Gostou? Acesse agora o conteúdo completo!

Acessar Relatório de Inteligência!

Outros produtos relevantes

+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse sua conta!