Carrinho
Seus carrinho está vazio!
;) Escolher produtos
Agronegócio
    Relatório de Inteligência
  • Agronegócio
  • 01 de abr. 11

Planejamento da produção para o período de 30/03 a 08/04/2011, de acordo com o clima e calendário floral no estado de Santa Catarina

Um dos maiores entraves para o processo produtivo, em se tratando do gerenciamento da atividade em campo, está relacionado ao planejamento do que fazer, como fazer e quando fazer

Um dos maiores entraves para o processo produtivo, em se tratando do gerenciamento da atividade em campo, está relacionado ao planejamento do que fazer, como fazer e quando fazer. É possível estabelecer critérios para as atividades de campo, por meio da busca de informações e da profissionalização. Porém, é necessário relacionar as atividades.

Primeiro, com a sazonalidade em que se encontra a produção. Depois, com as necessidades reais de intervenção nas colméias. Mas, principalmente, é preciso que as duas tarefas anteriores estejam intimamente ligadas ao meio ambiente, sobretudo à oferta de alimento natural às colmeias e ao clima da microrregião de atuação.

Por esta necessidade estar descoberta na atividade apícola de Santa Catarina, propomos a realização sequencial de diferentes manejos de campo, em relação às condições ambientais em determinado período.

A grande preocupação na maioria das regiões produtoras catarinenses está relacionada à grande amplitude térmica (diferença entre as temperaturas máxima e mínima) em um mesmo dia. É possível que altas temperaturas - aliadas à ocorrência de florações que forneçam alimento necessário ao aumento da postura de ovos pelas rainhas e criação de abelhas fora da temporada correta - desorganizem o estado de dormência de um ninho de abelhas. Assim, quando a temperatura diminuir drasticamente em um curto espaço de tempo, a sobrevivência de ovos e larvas recém-criadas fica comprometida, pois com frio, as abelhas tendem a se aglomerar, e diminuir naturalmente a área de ocupação do ninho, deixando a cria sem aquecimento.

É necessário que o alimento que entrar nesse período - principalmente a proteína do pólen - seja armazenado e consumido pelas abelhas adultas que passarão o período de entressafra, pois esse teor de proteínas corporais acumuladas é que determinará o tempo de vida dessas abelhas.

Para ler mais informações sobre o assunto, basta ler o relatório, na íntegra.

Você precisa acessar sua conta para aproveitar as soluções do Sebrae! Cadastre-se ou acesse uma conta!

Outros produtos relevantes

+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
+ Saiba mais
Gratuito
Deseja deixar um comentário, ou perguntar algo para o Sebrae? Você precisa estar logado para comentar ou perguntar! Cadastre-se ou acesse uma conta!